sábado, 28 de setembro de 2013

Artigo do jornal Expresso Ilustrado - 28 de setembro de 2013 - Incoerências - por Giovani Pasini

Incoerências

Nas propagandas de cigarro, existe uma divulgação enorme dos malefícios que o fumo causa. Boa ideia. Ótima ideia. As imagens terríveis diminuíram o consumo dessa droga.

Já as propagandas de álcool, no Brasil, só estão acompanhadas da expressão “Se beber, não dirija.”, ou seja, “pode beber, mas se o fizer, não dirija.” Pergunta: e todos os males que o álcool causa, tais como: câncer, cirrose, pancreatite alcoólica, atrofia do cérebro, impotência sexual, esterilidade e tanto mais? Por que as “fotos terríveis” dessa outra droga permitida não estão estampadas no rótulo?

Não sou falso. Gosto de cerveja, vinho e uísque. Bebo socialmente, salvo raras exceções, que passo dos limites. Mas, nunca coloquei um cigarro na boca. Sou apenas “metade defeituoso”...

Se o governo brasileiro classificou de “extremamente grave” a denúncia de espionagem americana, por qual motivo o Brasil não concede asilo político a Edward Snowden, ex-consultor da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos EUA?

Nos Estados Unidos, a casa de uma família de Long Island, Nova York, foi visitada pelo FBI, numa megaoperação. Por qual motivo? O pai pesquisou mochilas pelo “google”, recebendo e-mails; a mãe comprou “panelas de pressão” pelo “mercadolivre”; e o filho viu fotos do atentado de Boston (panelas de pressão dentro de mochilas). O cruzamento das pesquisas enviou diversos policiais até a casa.

Enviei esse artigo por e-mail, com a seguinte frase: vou comprar “bombas” (de chocolate); para assistir um jogo do “Dinamite”, junto com o compadre “Washington”. Seria uma “explosão”!

Será que serei visitado?
(Ihh!. Tocou a minha campainha)

Breno Serafini lançará livro em São Paulo - SP (um excelente nome para Patrono da Feira do Livro)

O amigo e escritor Breno Serafini lançará o seu livro Millôres Dias Virão em São Paulo, capital.

A obra de Breno Serafini está sendo muito bem aceita em todo o Brasil.

Breno Serafini é professor Doutor da UFRGS.

Já antecipo os meus pensamentos, como fiz na feira desse ano, e digo que ele seria um ótimo patrono para a Feira do Livro de Santiago, do ano de 2014.

Um santiaguense que ama a terra natal e que eleva o nome do município para fora dos limites da querência. 

Parabéns ao Breno, pelo reconhecimento ao seu esforço.


sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Comentário da ex-aluna e leitora Mônica!

2 comentários:

  1. Muito bom texto professor! Acho que muito do vivemos, acreditamos e almejamos é uma utopia na verdade. Mas independente dos fatos históricos, o dia de hoje (e todos os outros) serve pra manifestar o amor e respeito pelas tradições do Rio Grande, que como até postei em meu blog, não é melhor, nem pior que nenhum outro Estado é apenas o NOSSO Estado (:

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 20 de setembro de 2013 - Vinte, vinte, vim tchê! - por Giovani Pasini

Vinte, vinte, vim tchê!

Não sou separatista. Possivelmente, penso eu, se vivesse em 1835, estaria ao lado do Duque de Caxias. Nem por isso deixo de ser gaúcho. A Revolução Farroupilha representou a junção de ideais de inúmeros indivíduos, em busca do que acreditavam como correto. Talvez, dirão alguns, por meios não pacifistas. Errados? Certos? Não importa. A realidade é que o homem vive em guerra desde quando conseguiu agarrar um pedaço de madeira. As batalhas existem antes mesmo da tentativa de civilização. Aliás, “civilizar” é uma utopia; deve ser buscada, mas nunca será realmente alcançada. Não com a sociedade do século XXI: capitalismo, socialismo, comunismo, parlamentarismo, monarquia, imperialismo... Debaixo dessas palavras – regimes de governo – existem milhões de mortes. O que é a democracia? Liberdade, igualdade e fraternidade? O que essas perguntas têm em comum com o 20 de setembro de 1835, o início da Guerra dos Farrapos? Não existe liberdade verdadeira. Na minha mente, confesso, perdura um conflito intensivo, que tento resolver pela leitura: pesquiso a educação intercultural, o respeito ao outro; em contrapartida, percebo que o homem sempre se afundará na sua “fome de batalhas”. A vida é uma peleja (sobrevivência e delimitação de espaços). Contudo, o reverso do ódio é a arte – observar um belo grupo de dança folclórica, com prendas sorridentes; aplaudir os desfiles cavalarianos; apreciar a típica comida da terra. Amar os nossos pagos. Não sou separatista. Sou filho do belo Rio Grande, que faz parte de um Brasil varonil. Andei de bota e bombacha, lá em Pernambuco.


(Glossário: varonil – valoroso, heroico, nobre)

domingo, 15 de setembro de 2013

Quer viajar para a Argentina? Quer conhecer as cataratas? Quer ir para a tríplice fronteira? Oportunidade única!

Casa do Poeta Brasileiro (POEBRAS), o Centro de Integração Latino-Americana (CILAM), a Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Santiago (SMEC), a Casa do Poeta de Santa Maria (CAPOSM) e a Casa do Poeta de Santiago (CPS) estão organizando uma caravana para participar do VII ENCONTRO DE ESCRITORES DO MERCOSUL.

O evento ocorrerá entre os dias 10 e 13 de outubro de 2013, na cidade de Puerto Iguazu, Argentina (tríplice fronteira com Cidade Del Leste e Foz do Iguaçu). 

Quer participar? Quer conhecer um pouco da cultura estrangeira, a preço de custo? Entre em contato pelo e-mail gpasini@ig.com.br e reserve sua vaga! Já temos 10 (dez) lugares reservados!!!!

Veja os dados abaixo:

sábado, 14 de setembro de 2013

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 13 de setembro de 2013 - Grande céu, amplo chão

Grande céu, amplo chão
Em homenagem à Semana Farroupilha

Lugar bonito, nós espalhamos como fofoca: os pastos nascem verdes; as colinas se estendem feito ondas de marola; o cheiro de terra marrom cutuca as narinas; o céu é tão alto que facilita a respiração. Temos um amor juvenil pelo solo onde nascemos. Quem vem de longe, não compreende, a não ser que esteja arraigado espiritualmente ao próprio berço. Todavia, o amor que sentimos não deve ser exclusivista, tampouco separatista, nem fanático. Não. Tentar dividir foi uma coisa do passado e, por mais que sejamos iludidos, o passado nunca retornará – até pelo motivo que ele só existiu enquanto era presente, real, como nos dizia Santo Agostinho. O futuro também não existe, pois só ocorrerá quando finalmente for presente. Tudo é novo e único. Por qual motivo, então, devemos exaltar os feitos farroupilhas (1835-1845)? Por que enaltecer o dia 20 de setembro de 1835, quando iniciou a Guerra dos Farrapos? Volto, nessa crônica, a falar sobre a terra que já existia na época de Gumercindo Saraiva, quando ele tombou no Capão da Batalha, lá no Carovi, já na Revolução Federalista (1893-1895). A mesma terra de Caio Fernando Abreu, quando ele partiu chorando, ou sorrindo, rumo a Porto Alegre, aos 15 anos (1963). A terra é a mesma. A beleza, a compreensão do belo, é um conceito individual, subjetivo. O nosso Rio Grande é lindo, pois está dentro de nossos olhos gaudérios. A Semana Farroupilha, para alguns, seria uma comemoração injusta, por fazer apologia à separação. Contudo, ela é mais forte do que isso. Essa tradição faz parte de nosso sangue e borbulha na alma. Ela compõe a construção da nacionalidade e da cultura brasileira: céu, sol, sul e baita chão.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

A pedidos - Oracy desiste de abandonar a rede



Eu fui um dos muitos que pediu para o Oracy não abandonar as redes sociais.

Valeu Oracy! 

Fiquei feliz ao ler essa mensagem:


"Atendendo a muitos pedidos, tornei sem efeito meu desligamento da INTERNET. Tudo normal... Oracy"

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Desfile de 7 de setembro de 2013 - primeiro desfile junto com meu filho

No dia da independência do Brasil, 7 de setembro, desfilei em Santiago, RS, junto com o grupamento do Colégio Militar de Santa Maria.

O desfile foi especial, pois eu estava acompanhado do meu filho Eduardo Pasini, aluno do 6º ano do Colégio (segundo de trás para frente). Marchamos lado a lado.

Sou grato ao Exército, por tudo o que sou e o que tenho.

Grupamento do Colégio Militar de Santa Maria - desfile em Santiago



Oracy Dornelles se afasta da net

Estou me desligando da INTERNET, a partir de agora, pelo menos por 1 ano, ou até para sempre!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!  oracy dornelles

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Fotos e artigo sobre a Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu, PR - O futuro sem fronteiras - 06 de setembro de 2013, por Giovani Pasini

Alexandre - Presidente da Fundação Cultural Foz do Iguaçu

Sr. Júlio Devoto - Consul Argentino em Foz do Iguaçu

Palestra sobre Educação Intercultural e Antropofagia

Público presente

Participação significativa na Feira


O futuro sem fronteiras


        Nessa semana, participei da “Mostra Latino-Americana de Literatura”, organizada pela Fundação Cultural Foz do Iguaçu e pela Universidade Latino Americana (UNILA), fazendo parte da 9ª Feira Internacional do Livro de Foz. 
    Na oportunidade, apresentei o ensaio "Educação e Intercultura: repensando a América Latina pela antropofagia", construído sob a orientação do Prof. Dr. Valdo Barcelos, da UFSM, que visa propagar alguns ideais: descolonização do saber; diálogos entre os povos (“entrelugares”); etc. Abordei, principalmente, as teorias da educação intercultural e da antropofagia, temas que pesquiso, junto com o Prof. Valdo e que coloco como “metas de vida”. Falei, também, da importância da leitura; da necessidade do incentivo ao novo leitor e escritor. 
      Apesar do cansaço da viagem, o evento foi significativo. Pelo pouco que vi de Foz do Iguaçu, as impressões foram positivas. Um local limpo, bem planejado, organizado. Apesar do cansaço da viagem, saí realizado com a efervescência cultural. Sou brasileiro, antes de ser santiaguense. O nosso país é lindo, assim como é a América Latina. Nós, humanos, temos a tendência ao fanatismo. Fanatizar religião, futebol, política (etc.). 
     Entretanto, nós, interioranos, temos um “quê” a mais. Algumas vezes, fanatizamos até o “cuidar do outro”, não respeitando os limites. Essa é uma diferença básica: limite e fronteira. Limite é respeito – fronteira é imaginação. Será que um dia teremos o “futuro sem fronteiras”? Utopia. Utopia? Domine a vontade de entrar nos limites da vida do outro; é um bom começo. Arrebente, entretanto, essas fronteiras que chamamos de “panela”.

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Luto - Gibelino Minuzzi


Como estou longe dos pagos, somente agora fiquei sabendo da notícia triste do falecimento do Sr. Gibelino, por intermédio do Nova Pauta.

Conheço o Sr. Gibelino desde que eu era criança, pois ele era amigo de meu velho pai. Os dois eram militares...

Santiago perde um grande comunicador, uma pessoa especial, que somava como indivíduo.

Meus sinceros pêsames para a família, em especial para a Tenente Tatiane Minuzzi, sua neta, que é minha colega de trabalho no Colégio Militar de Santa Maria.

Impressões da Feira do Livro de Foz do Iguaçu - PR - exemplo para o interior do RS


As impressões positivas da Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu (9ª edição) foram diversas. Contudo, para não alongar, direi apenas a principal.

A Feira do Livro realmente está vendendo livros baratos!

Encontrei estandes de "tudo por R$ 10,00", ou 5 livros por R$ 10,00. É claro que esses livros são "ponta de estoque", mas de forma geral, mesmo os livros mais vendidos, estão com o preço muito acessível... (O único lamento é que não posso comprar muito, por causa do excesso de bagagem no avião.) 

As bancas entenderam que numa "Feira" deve existir desconto. Muitas vezes isso não ocorre, no interior do RS.

PS: Karla... a sacolinha que tu viu são presentes para vocês.... Livros! (rsrsrs)

Veja imagens da Feira do Livro:








Vinícius de Moraes - o homenageado da Feira do Livro

Promoções imperdíveis:  5 livros por 10 reais!



Livros baratos - R$ 5,90

Toda a livraria por R$ 10,00

Exposição do Leminski

Foz do Iguaçu é limpa! Veja as fotos...

Tive impressões positivas de Foz do Iguaçu, PR, no pouco que circulei (a pé) pelo centro da cidade. O município é limpo, bem cuidado, de avenidas largas.
Uma localidade turística, sem dúvida.
Não irei às cataratas. Farei isso em outubro, no Encontro de Escritores do MERCOSUL. Estou voltado apenas para a cultura e a literatura, representando, também, o Colégio Militar de Santa Maria.

Hoje, 18 horas, terei uma fala na Mostra Latino-Americana de Literatura, no Encontro de Escritores das Três Fronteiras.

Veja algumas fotos:
Foz do Iguaçu, PR
Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu
Também fiquei sabendo, na CASA DO CENTENÁRIO de Foz do Iguaçu, PR, que a localidade completa 100 anos. Imaginem como ela surgiu? Como uma colônia militar, em virtude da Coluna Prestes.

Veja as fotos na Casa do Centenário:

Giovani Pasini e Carlos Alberto - Casa do Centenário (100 anos de Foz)

Foz do Iguaçu foi uma Colônia Militar

Coluna Prestes em Foz do Iguaçu

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Chegando para participar da Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu, PR!



9ª Edição da Feira Internacional do Livro de Foz do Iguaçu, PR, iniciou no dia 30 de agosto e irá até 08 de setembro de 2013.

Participarei, amanhã, 03 de setembro, como integrante do Encontro dos Escritores das Três Fronteiras, que marcará a Mostra Latino Americana de Literatura, organizada pela Fundação Cultural Foz do Iguaçu e pela UNILA – Universidade Latino Americana.

A minha participação ocorrerá a convite da Fundação Cultural Foz do Iguaçu, organizadora do evento (junto com o governo municipal daquela cidade).



Veja algumas poucas fotos da Feira:


eu e Carlos Drummond






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...