sexta-feira, 19 de julho de 2013

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 19 de julho de 2013 - A fada do dente - por giovani pasini

Amandinha - e a fada levou....


A fada do dente

“- O quê? O teu dente está caindo, Amanda?” Ela me focou, com os olhos brilhantes: “- Tá, pai... Ele tá caindo.” Naquele momento, senti que deveria valorizar a imaginação. “- Pois é, quando ele cair, vamos colocá-lo debaixo do travesseiro e fazer um pedido. Assim que tu dormir, de noite, a fada do dente irá pegá-lo e colocar uma moeda no lugar. Isso quer dizer que ela realizará o teu desejo...” A Amanda sorriu largamente, balançando os ombrinhos. Na função de pai, resolvi investigar: “- Tem um negócio filha. Tu tens que contar o pedido que irá fazer, só para o pai e para a mãe, tá bom?” Ela fez um gesto que sim, com a cabeça: “- Tá bom. Sabe o que eu vou pedir?” A minha curiosidade aumentou, pensando que viria uma solicitação de brinquedo. “Vou pedir que vocês vivam para sempre...” A Amanda falava da minha esposa e de mim. Fiquei emocionado. Esse é um pedido que quase todo filho gostaria de fazer: que os pais durassem para sempre. O fato, apesar de parecer não ter nada a ver, fez com que eu lembrasse de uma situação que ocorreu em Buenos Aires, na noite de 6 de julho. Após o término da Cátedra do Chile, as poetas Haydée Lima, Denise Reis, eu e outros amigos andávamos pelas ruas do centro da capital Argentina. Era noite e estava muito frio. Numa das esquinas, próximo a um edifício, passamos por dois jovens mendigos. Sentados, eles comiam algo, que não identifiquei. Estavam se aquecendo, usando o escoamento de ar quente, que saía de um buraco da parede. Era o pedaço de lar que pareciam ter. O que marcou foi o olhar de um dos adolescentes, totalmente sem claridade. Se eu pudesse, pediria à mesma fada do dente que diminuísse todo esse fardo, da gente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...