sexta-feira, 7 de junho de 2013

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 07 de junho de 2013 - Antropofagia Cultural. O que é isso? - por Giovani Pasini

Antropofagia Cultural. O que é isso?

A VI Semana Literária está chegando. Ela ocorrerá a partir da próxima sexta, dia 14, numa organização da SMEC e da Casa do Poeta. Dois conceitos a serem tratados no evento, serão alvos desse artigo e do próximo: “Antropofagia Cultural” e “Educação Intercultural”. Esses dois temas são objetos de pesquisa do Prof. Dr. Valdo Barcelos, palestrante, assuntos que também investigo. O que será isso? Para que serve? Vale a pena participar desse congresso?

A “Antropofagia Cultural” surgiu a partir de um manifesto, em 1928, lançado por Oswald de Andrade. Era o auge da 1ª Geração Modernista brasileira. A “Antropofagia” (que significa: comer carne humana), na sua origem, era um ritual indígena, usual no início da colonização portuguesa, onde o índio praticava o canibalismo. O escritor Oswald de Andrade se apropriou do termo para originar um movimento, de nacionalismo crítico, que fazia a previsão simbólica de “deglutir, devorar, mastigar as influências estrangeiras, principalmente as europeias”; com o objetivo de recriar a cultura brasileira. O que realmente é nosso? O que é útil para os brasileiros?


A Antropofagia Cultural, caro leitor, é a criação de novos hábitos, pela “devoração” de costumes geralmente impensados. A roupa que utilizamos, nós gostamos? A música que ouvimos, não é apenas um modismo da internet? Nós temos as rédeas sociais de nossa vida? As mídias conduzem os nossos atos? O pensamento antropofágico ressalta a importância das descobertas, por intermédio do diálogo. A transformação pelo conhecimento; uma “devoração” diária. Valerá a pena participar da Semana Literária...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...