domingo, 30 de junho de 2013

Comitiva brasileira na Cátedra do Chile - evento internacional, Buenos Aires, Argentina - julho de 2013


Uma comitiva brasileira (24 participantes de Santiago, São Vicente, Santa Maria e Porto Alegre), participará da Cátedra do Chile, 2013, na cidade de Buenos Aires, capital da Argentina.
===
A comitiva estará representada pelas seguintes instituições/entidades brasileiras (ordem alfabética): 
Activa Contabilidade (Santiago), Casa do Poeta Brasileiro (Porto Alegre), Casa do Poeta de Santa Maria, Casa do Poeta de Santiago, Centro de Integração Latino-Americana (Santa Maria), Colégio Militar de Santa Maria, Departamento de Cultura da SMEC (Santiago), Escola Manoel Abreu (Santiago), Fórum das Entidades Culturais de Santa Maria, Jornal Expresso Ilustrado (Santiago e região centro-oeste), Marx Sonorizações (Santiago), Rádio Central FM (Santiago),  URI Santiago (Curso de Psicologia).
===
O evento cultural possui o tema "Literatura e Identidade" e busca abordar o conceito de "identidade cultural", com o foco na Literatura. O palestrante brasileiro será Giovani Pasini, docente de Literatura Brasileira do Colégio Militar de Santa Maria e Presidente da Casa do Poeta de Santiago, com o tema "Literatura Latino-Americana, identidade cultural, interculturalidade e antropofagia", texto montado em parceria com o professor Dr. Valdo Barcelos, da UFSM.

Clique no link e veja o site do consulado chileno, que divulga o evento:

Veja o banner de divulgação do consulado chileno:




sábado, 29 de junho de 2013

Artigo do Jornal do Expresso Ilustrado - Secretaria de Cultura de Santiago - Parte II - por Giovani Pasini

Secretaria de Cultura de Santiago

Há duas semanas, no dia 14 de junho, tivemos um debate interessante, a VI Semana Literária. Naquele evento, o jornalista Márcio Brasil retomou uma discussão antiga, que vem de 2009. O Márcio sugeriu que fosse criada a Secretaria de Cultura de Santiago. A ideia foi tão brilhante que eu, a Nivia Andres e alguns dos debatedores complementamos com opiniões favoráveis. Da emoção dos oradores, na paixão pelo tema, restaram algumas certezas. Essas convicções coletivas, colocarei na forma de tópicos, para facilitar o entendimento:
1. os atuais gestores da educação e da cultura (Denise Cardoso e Rodrigo Neres) se empenham no que fazem e são eficientes;
2. contudo, manter a educação ligada à cultura, como secretariado, prejudica tanto uma quanto a outra, pois as necessidades da primeira são notórias, fortes e urgentes;
3. isso já seria uma verdade, se Santiago fosse uma cidade normal do interior, mas não somos;
4. não que sejamos melhores, mas desde 1998,  há cerca de 15 anos (graças ao Nelson Abreu), escolhemos a literatura como bandeira municipal. Somos a terra de Caio Abreu, Oracy Dornelles,  Aureliano Pinto e de tantos outros escritores. A literatura é uma arte e, portanto, cultura;
5. tendo uma Secretaria de Cultura, com verbas próprias, autonomia, seria facilitada a busca por investimentos federal e estadual (LIC), além da parceria com instituições privadas.

Enfim, poderíamos colocar incontáveis itens. O espaço da coluna nos força a terminar. A boa notícia que recebemos, de forma extraoficial, é que o Júlio Ruivo, com a sua perfeita noção administrativa, já está planejando a composição de tal secretaria. Se for verdade, parabéns pela macrovisão. 

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Concurso de Admissão para Sargento Músico do Exército Brasileiro (2013) - para ambos os sexos - E-mail recebido do Sgt André

Recebi esse e-mail do amigo Sgt André.
A novidade é que poderão concorrer homens e mulheres

O Exército Brasileiro é uma ótima opção de carreira.


Justa e honrada.


Faço questão de divulgar para a nossa região...


=====

Boa noite.
Repasso para vosso conhecimento e divulgação.
Este ano podem concorrer musicistas de ambos os sexos.
Fraterno abraço.

Imagem inline 1



quarta-feira, 26 de junho de 2013

Comentário do escritor Joaquim Moncks - Casa do Poeta Brasileiro (sede em Porto Alegre)

Joaquim Moncks

Joaquim Moncks é o Coordenador da Executiva Nacional da Casa do Poeta Brasileiro, que possui 77 (setenta e sete) afiliadas em 20 estados da Federação.

Amigo Pasini! Desejo-te muito sucesso no cumprimento de mais esta importante missão do universo associativista-literário. Se te aprouver, estás autorizado a falar em nome da Coordenação Executiva Nacional da Casa do Poeta Brasileiro - POEBRAS Nacional. 
Se for possível, peço que me encaminhes a íntegra de tua intervenção no evento. Desejo encaminhar o trabalho ao Jornal RS Letras, a fim de obter publicação. 
Abraços do poetinha JM.

Comentário do escritor Auri Sudati - Presidente da CAPOSM



Carlos Giovani, parabéns pela tua TRAJETÓRIA LITERÁRIA E CULTURAL. 
Com teu trabalho, engrandeces a Casa do Poeta de Santiago e a Casa do Poeta de Santa Maria, cujas entidades fazes parte.
Tua presença em eventos internacionais confirma o VALOR de teu trabalho.
Nós nos orgulhamos muito de ti!

Auri Antônio Sudati

Presidente da CAPOSM: Casa do Poeta de Santa Maria-RS

Mensagem da Direção da URI

Prezado Giovani!

Em nome da comunidade acadêmica da URI - Santiago, queremos parabenizá-lo por tão importante representatividade e participação no evento cultural Internacional "Cátedra do Chile - 2013". 

Aproveitamos o ensejo para desejar sucesso na palestra que irá ministrar, que seja um momento inesquecível e que possa agregar trocas inspiradoras a todos.

Sem mais, despedimo-nos, renovando protestos de estima e consideração.

Cordialmente,

A Direção

URI - Câmpus Santiago

terça-feira, 25 de junho de 2013

Secretaria de Cultura de Santiago - Parte II

Secretaria de Cultura de Santiago

Há duas semanas, no dia 14 de junho, tivemos um debate interessante, a VI Semana Literária. Naquele evento, o jornalista Márcio Brasil retomou uma discussão antiga, que vem de 2009. O Márcio sugeriu que fosse criada a Secretaria de Cultura de Santiago. A ideia foi tão brilhante que eu, a Nivia Andres e alguns dos debatedores complementamos com opiniões favoráveis. Da emoção dos oradores, na paixão pelo tema, restaram algumas certezas. Essas convicções coletivas, colocarei na forma de tópicos, para facilitar o entendimento:
1. os atuais gestores da educação e da cultura (Denise Cardoso e Rodrigo Neres) se empenham no que fazem e são eficientes;
2. contudo, manter a educação ligada à cultura, como secretariado, prejudica tanto uma quanto a outra, pois as necessidades da primeira são notórias, fortes e urgentes;
3. isso já seria uma verdade, se Santiago fosse uma cidade normal do interior, mas não somos;
4. não que sejamos melhores, mas desde 1998,  há cerca de 15 anos (graças ao Nelson Abreu), escolhemos a literatura como bandeira municipal. Somos a terra de Caio Abreu, Oracy Dornelles,  Aureliano Pinto e de tantos outros escritores. A literatura é uma arte e, portanto, cultura;
5. tendo uma Secretaria de Cultura, com verbas próprias, autonomia, seria facilitada a busca por investimentos federal e estadual (LIC), além da parceria com instituições privadas.

Enfim, poderíamos colocar incontáveis itens. O espaço da coluna nos força a terminar. A boa notícia que recebemos, de forma extraoficial, é que o Júlio Ruivo, com a sua perfeita noção administrativa, já está planejando a composição de tal secretaria. Se for verdade, parabéns pela macrovisão. 

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Casa do Poeta de Santiago participará de evento internacional na cidade Buenos Aires, Argentina



    A Casa do Poeta de Santiago irá com uma delegação de cerca de 20 (vinte) santiaguenses e santamarienses, composta de empresários, jornalistas, professores e escritores para a "Cátedra do Chile - 2013", que ocorrerá na capital da Argentina, Buenos Aires, nos dias 5 e 6 de julho de 2013.

   O evento cultural possui o tema "Literatura e Identidade" e busca abordar o conceito de "identidade cultural", principalmente a literatura, entendida como um dos gêneros artísticos que mais contribuem para a formação da identidade de um povo. Haverá a participação de argentinos, brasileiros, chilenos, paraguaios e uruguaios.

     Como docente de Literatura Brasileira do Colégio Militar de Santa Maria e Presidente da Casa do Poeta de Santiago, fui convidado para palestrar em nome do Brasil, por cerca de 45 minutos. 

    O texto e a palestra que irei apresentar, com o tema "Literatura Latino-Americana, Identidade Cultural, Interculturalidade e Antropofagia" foi composto em parceria com o Professor Dr. Valdo Barcelos, da UFSM, e pretende defender a importância de criarmos pensadores na América Latina. Tal dissertação está  baseada, principalmente, nos seguintes autores/teóricos (ordem alfabética): Caio Fernando Abreu, Darcy Ribeiro, Gilberto Freire, Manuel Bandeira, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Oracy Dornelles, Paulo Freire, Sérgio Buarque de Holanda, Tarsila do Amaral e no próprio Valdo Barcelos. A parte escrita da palestra comporá os anais do evento e, posteriormente, uma obra literária.

    A palestra foi montada com base na paixão pela literatura. Essa paixão que é reforçada todos os dias, graças ao Colégio Militar de Santa Maria, local em que podemos ter o contato com os alunos e debater o fazer literário. Sem dúvida nenhuma, esse é o momento mais feliz da minha carreira militar. O Colégio Militar é o ambiente perfeito para se pensar a identidade cultural, pois nele temos a representatividade de todas as classes sociais.

    Veja a Carta do Consulado, que detalha o evento (em espanhol):


Veja um extrato do Cronograma:

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO CULTURAL

CÁTEDRA CHILE

Viernes 5 de Julio 14 horas
Capitulo II Literatura en Torno Al Concepto Identidad
Bodega del Café Tortoni Avenida de Mayo 825
1º Encuentro de Dirigentes de Asociaciones de Escritores de 
Chile - Brasil - Uruguay – Paraguay – Argentina
Palabras de bienvenidas 
Cónsul General de Chile en Buenos Aires Dr. Raúl Sanhueza Carvajal
Presidente del Centro Chileno Bernardo O´Higgins Don Homero Rojas Carreño
Disertantes
Carmen Berenguer y Luis Eduardo Aguilera de la Sociedad de Escritores de Chile 
Rolando Bado de la Sociedad de Escritores del Paraguay 
Carlos Giovani Delevati Pasini Casa du Poetas de Brasil
Rosana Malaneschii Casa de Poetas de Uruguay
Theodosio Andrés Barrios Fundación Cultura Argentina
Norberto Pannonne ASOLAPO Argentina
Víctor Redondo Sociedad Escritores Argentina
Eduardo Monte Jopia de la Federación Internacional de Poetas

Viernes 5 de Julio 21 horas
TERTULIA POÉTICA Centro Cultura La Imaginería 33 orientales 1150 Barrio de Boedo de bajo de la Autopista
Bienvenida de Gito Minore
Lectura de Poemas
Empanada y la bebida del Dios Baco

Sábado 6 de Julio 15 Horas 
TRIATLON POETICA 3+1 Auditorio de la Radio Arinfo San Martín 655
Acreditación y Palabras de bienvenida
Mesa de lectura de Poetas de Chile, Brasil, Argentina, Uruguay y Paraguay
Presentación de Libros de Poetas de Chile, Brasil, Argentina, Uruguay y Paraguay
Ponencia de Escritores de Brasil, Chile, Argentina, Paraguay y de Uruguay
Inauguración de las muestras de pintura LITTLE DEMONS de Lautaro Dores
Inauguración de la muestra fotográfica NECROPOLIS DE LOS BARCOS Eduardo Monte Jopia
Palabras de despedida de cada represéntate de Chile, Brasil, Argentina, Uruguay, Paraguay
Reflexión final del Cónsul General Chile Don Raúl Sanhueza Carvajal

Melhores do Ano de 2013 - festa imperdível - Dr. Hollywood (Dr. Rey)

A grande festa "Os Melhores do Ano", edição 2013, do Jornal Expresso Ilustrado ocorrerá no dia 20 de julho de 2013, no Grêmio de Subtenentes e Sargentos.

A festa contará com a presença do Dr. Hollywood, o famoso cirurgião plástico e apresentador. Para quem quiser maiores informações e adquirir o ingresso, contate o seguinte telefone (55)3251-1717 .

Eu e a Karla compraremos o convite... e você?


E-mail recebido: Texto atribuído ao Jô Soares - A Lista dos 20 centavos


O ministro Gilberto Carvalho, após reunião de governo, deu entrevista dizendo que não entende as razoes das manifestações de protesto de ontem. O Jô Soares mais tarde se encarregou de explicar centavo por centavo as razoes do surto da Galera. Será que agora perceberão !!!

JÔ Explica....

Pra quem não entendeu ainda: os vinte centavos, um por um:

00,01 - a corrupção
00,02 - a impunidade
00,03 - a violência urbana
00,04 - a ameaça da volta da inflação
00,05 - a quantidade de impostos que pagamos sem ter nada em troca
00,06 - o baixo salário dos professores e médicos do estado
00,07 - o alto salário dos políticos
00,08 - a falta de uma oposição ao governo
00,09 - a falta de vergonha na cara dos governantes
00,10 - as nossas escolas e a falta de educação
00,11 - os nossos hospitais e a falta de um sistema de saúde digno
00,12 - as nossas estradas e a ineficiência do transporte público
00,13 - a prática da troca de votos por cargos públicos nos centros de poder que causa distorções
00,14 - a troca de votos da população menos esclarecida por pequenas melhorias públicas (pagas com dinheiro público) que coloca sempre os mesmos nomes no poder
00,15 - políticos condenados pela justiça ainda na ativa
00,16 - os mensaleiros terem sido julgados, condenados e ainda estarem livres
00,17 - partidos que parecem quadrilhas
00,18 - o preço dos estádios para a copa do mundo, o superfaturamento e a má qualidade das obras públicas
00,19 - a mídia tendenciosa e vendida
00,20 - a percepção que não somos representados pelos nossos governantes

Se precisarem tenho outros vinte centavos aqui, é só pedir.
Jô Soares
A lista dos 20 centavos

Para quem não entendeu ainda: os vinte centavos, um por um:


00,01 - a corrupção.
00,02 - a impunidade.
00,03 - a violência urbana.
00,04 - a ameaça da volta da inflação.
00,05 - a quantidade de impostos que pagamos sem ter nada em troca.
00,06 - o baixo salário dos professores e médicos do estado.
00,07 - o alto salário dos políticos.
00,08 - a falta de uma oposição ao governo.
00,09 - a falta de vergonha na cara dos governantes.
00,10 - as nossas escolas e a falta de educação.
00,11 - os nossos hospitais e a falta de um sistema de saúde digno.
00,12 - as nossas estradas e a ineficiência do transporte público.
00,13 - a prática da troca de votos por cargos públicos nos centros de poder que causa distorções.
00,14 - a troca de votos da população menos esclarecida por pequenas melhorias públicas (pagas com dinheiro público) que  coloca sempre os mesmos nomes no poder.
00,15 - políticos condenados pela justiça ainda na ativa.
00,16 - os mensaleiros terem sido julgados, condenados e ainda estarem livres.
00,17 - partidos que parecem quadrilhas.
00,18 - o preço dos estádios para a copa do mundo, o superfaturamento e a má qualidade das obras públicas.
00,19 - a mídia tendenciosa e vendida.
00,20 - a percepção que não somos representados pelos nossos governantes.

Se precisarem tenho outros vinte centavos aqui, é só pedir.

domingo, 23 de junho de 2013

Filme sobre o Oracy Dornelles - Selo Oracy Dornelles

A Casa do Poeta de Santiago organizou o filme "Vida e Obra de Oracy Dornelles", que foi exposto na VI Semana Literária de Santiago (nesse evento, ficamos impressionados com duas adolescentes, que foram somente para assistir ao filme).
Oracy Dornelles

Os patronos da Casa do Poeta:
- Patrono Perpétuo: Caio Fernando Abreu (dá o nome à Casa).
- Patrono de Honra: Oracy Dornelles.
- Patronesse da Gestão: Therezinha Lucas Tusi.

O vídeo sobre o Oracy Dornelles, com cerca de 1h30min de duração, foi elaborado pela diretora Fátima Friedriczweski, a partir de  cerca de 20 horas de gravação e custará cerca de R$ 400,00 (quatrocentos reais) para a Casa do Poeta de Santiago.

Fátima Friedriczweski

Tal filme comporá o acervo da Casa do Poeta de Santiago e será exposto nos diversos eventos organizados pela entidade.

Sem nenhuma dúvida, o Oracy é um dos principais poetas (senão o maior) de nossa Santiago. Ele serve de inspiração, mesmo que inconscientemente, para diversos outros poetas e prosadores.
================
Além disso, possivelmente ainda esse ano, criaremos o Selo Oracy Dornelles, pela Editora da Casa do PoetaDivulgamos isso, pois o Oracy Dornelles gostou da ideia e já aprovou a iniciativa.

Tal selo foi uma ideia brilhante do escritor Breno Serafini, na VI Semana Literária.
Breno Serafini
Será desenhado um selo (por um profissional), que será aprovado pelo Oracy, que constará somente nas obras deferidas por uma banca e pelo Oracy Dornelles. 

Esse selo - prêmio dado às obras de alta qualidade - fornecerá um certificado para o autor e visa destacar alguns escritores.

A ideia de tal selo, em suma, é a seguinte:
1. A Editora da Casa do Poeta continuará aberta a todos.
2. O SELO ORACY DORNELLES será fornecido somente para a obra aprovada por uma banca e pelo próprio Oracy.

Visa, portanto, incentivar o lançamento de escritores variados.

sábado, 22 de junho de 2013

Aniversário do amigo João Gabriel

Ontem, ainda, no dia 21 de junho, fomos ao aniversário do amigo João Gabriel, aqui em Santa Maria. No churrasco, junto com a sua namorada Luciane, passamos ótimos momentos.

Parabéns ao João Gabriel (que faz aniversário no dia do Machado de Assis)!

Sucesso e felicidade!


Lu, João Gabriel, eu e a Karla





Aniversário de 11 anos da Casa do Poeta de Santa Maria (CAPOSM)

Ontem, 21 de junho de 2013, na data do aniversário do Machado de Assis, fui ao jantar de comemoração dos 11 anos da CAPOSM (22 de junho).

Participei do evento como Presidente da Casa do Poeta de Santiago e, também, como Confrade associado da CAPOSM (desde 2009).

O evento foi singular, onde pude conviver com os amigos Auri Sudati, Haydeé H. Lima, Denise Reis, Onilse Noal entre tantos outros escritores. O espírito da CAPOSM é exemplar. Fico feliz de ser associado da entidade, da qual já faço parte, de coração e alma.

No evento foi apresentado um livro, com poemas de todos nós, confeccionado artesanalmente, por sobre uma enciclopédia de literatura (livro da foto).




sexta-feira, 21 de junho de 2013

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 21 de junho de 2013 - Secretaria de Cultura de Santiago (Parte I), por Giovani Pasini

Secretaria de Cultura de Santiago
(Parte I)


Na semana passada tivemos um debate cultural interessante, a VI Semana Literária. O que ficou de certeza é que Santiago já não é mais uma simples cidade, como outra qualquer do interior. Ela é a “Terra dos Poetas”, desde 1998, epíteto que já está arraigado no senso comum. Contudo, apesar da denominação significativa, de tudo o que a cultura representa para o povo, ainda não temos uma secretaria exclusiva dessa pasta. Por qual motivo? Não sei. Com certeza existe algo de político para essa falta. Sabemos da capacidade da Denise Cardoso e do Rodrigo Neres. Sabemos de sua eficiência. Entretanto, a educação é essencial e “suga” todas as atenções (e verbas) de um gestor. As necessidades da educação são notórias, fortes, urgentes e por si só já sobrecarregam a Denise. Por que não temos Secretaria de Cultura? Não sei. Grandes municípios, como Porto Alegre, São Leopoldo e a nossa vizinha Santa Maria já possuem tal secretariado. Não me parece, como cidadão, uma decisão sensata manter a educação (modo) unificada com a cultura (meio), pois as duas possuem relevância para a criação de um (e)leitor independente. Já que decidimos que a cultura de Santiago seria diferente, ela também necessita de um especial cuidado, com verbas próprias, autonomia, para que se divulgue mais a nossa cidade, no RS e Brasil. Sugiro, portanto, que pensemos na criação da “Secretaria de Cultura, Desportos e Lazer” (como em Feira de Santana, Chapecó, Governador Valadares etc.), ou a “Secretaria de Cultura e Turismo” (como em Bragança Paulista, Jaú e São João Del Rei etc.). Afinal, as obras construídas, não servem para o turismo?

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Secretaria de Cultura de Santiago - informação ao leitor

Justiça seja feita.

Pelas informações que recebi por e-mail, já existe um planejamento do executivo municipal para criar, ainda na gestão do Júlio Ruivo, uma Secretaria de Cultura.

Como foi informado, a ideia é implantá-la antes do final da atual gestão.

Parabéns ao Julio Ruivo, pela visão de futuro.

Empregos em Santiago - por Oracy Dornelles

Recebi esse texto do Oracy Dornelles. Parabéns para a Ísis! 
Congratulações nessa nova empreitada.

Ísis Dornelles

Empregos em Santiago

A Ísis Dornelles se formou na URI, Psicologia, há muitos e muitos anos. Nunca conseguiu emprego nas redondezas... Agora  conseguiu! No Ceará, cidadezinha de Croatá, (Prefeitura), menor que Jaguari; no fim do mundo, divisa com Piauí. 17 mil habitantes. Agora, com a Ísis, 17 mil e UM habitantes!!!    
(Oracy Dornelles, pai de Ísis).

Cafezinho Poético do Colégio Militar de Santa Maria

Ontem, 19 de junho, realizamos outro Cafezinho Poético no Colégio Militar de Santa Maria. A atividade é realizada no turno oposto, na parte da tarde.

Debatemos alguns autores da literatura (Carlos Drummond, Vinicius de Moraes, Murilo Mendes, Chacal, Caio Fernando Abreu e, também, o livro Uma Educação nos Trópicos, do Prof. Valdo Barcelos).

O Cafezinho transcorreu com debates sobre alguns assuntos pertinentes: protestos no Brasil, energias espirituais, Deus, religiões e muita poesia.


Obras debatidas





quarta-feira, 19 de junho de 2013

Secretaria de Cultura de Santiago - assunto antigo - 2009 - 7 motivos para a sua criação - VI Semana Literária

Da esquerda para direita: Breno Serafini, Giovani Pasini, Nivia Andres
Fátima Friedriczweski, Enadir Vielmo, Márcio Brasil, Therezinha Lucas Tusi, João Lemes

VI Semana Literária e a Secretaria de Cultura:
7 motivos para a criação de tal secretariado em Santiago



Esse assunto da SECRETARIA DE CULTURA em Santiago não é novo. Em março de 2009, os blogueiros da região já debatiam o assunto. Vejam o link de duas postagens que fiz, naquela época:



A VI SEMANA LITERÁRIA foi importantíssima, como o Márcio Brasil afirmou no seu blog.

Podemos ter tido apenas cerca de 70 pessoas, nos dois dias, mas tivemos a presença de pessoas que interferem no pensamento sociedade santiaguense. Vou citar algumas:
- Denise Flório Cardoso (Secretária de Educação e Cultura).
- Enadir Vielmo (Presidente do Centro Cultural).
- Vereadores Nelson Abreu, Marcelo Gorski e Cleusa Canterle.
- Escritores renomados, entre outros: Sadi Machado, Therezinha Lucas Tusi.
- Além dos debatedores e tantas pessoas difusoras de ideias.

Resolvi fazer uma postagem simples, com 7 motivos que se entrelaçam, sobre o assunto:

1. A EDUCAÇÃO é importantíssima e não merece que tenha a sua atenção dividida com outro assunto, mesmo que sejam relacionados. (Educação é o modo de transmitir e compartilhar a cultura. Essa é o hábito, o costume...). As necessidades da EDUCAÇÃO são urgentes, sendo um dos motivos principais dos protestos que percorrem o Brasil.
===
2. A CULTURA é importantíssima, ainda mais para Santiago, já que possui o epíteto “Terra dos Poetas”. Qual é a “macrovisão” desse projeto?
===
3. A CULTURA, como disse o professor Valdo Barcelos, citando um escritor: “...perguntar para o ser humano o que é a cultura é a mesma coisa que perguntar para um peixe o que é a água”, a CULTURA é importante para diversos aspectos: saúde (hábitos adequados de higiene), esporte, urbanização, urbanidade, etc. Ela é importante até para a agricultura e a pecuária (os costumes da lida campeira, a tradição gaúcha).
===
4.  A Lei de Incentivo à Cultura (LIC) precisa de atenção total. Verbas para o município poderão surgir, oriundas de outros governos (estado e federação). O trabalho do Rodrigo Neres é excelente, como chefe de departamento, mas como diz o Márcio Brasil “...é colocar o motor de um fusca num carro de Fórmula 1”. Essa Secretaria de Cultura não teria uma ou duas pessoas pensando nesse foco, mas uma equipe que poderia trabalhar em busca de investimentos estaduais e federais.
===
5. Poderia se juntar a CULTURA com pasta mais adequada: Secretaria de Cultura, Desportos e Lazer, como nos seguintes municípios: Feira de Santana (BA), Chapecó (SC) e Governador Valadares (MG). O esporte e o lazer são assuntos bem mais “amenos” e que estão totalmente interligados com a cultura.
===
6. Poderia se juntar a CULTURA com o TURISMO: Secretaria de Cultura e Turismo, como em Bragança Paulista (SP), Jaú (SP) e São João Del Rei (SP). Toda a obra de urbanização não influencia no turismo?
===
7. Com uma SECRETARIA DE CULTURA nós teríamos, realmente, o incentivo para novos escritores, como ocorre em Santa Maria. Em 2011, no meu blog, lancei o CONVITE que recebi para o lançamento de um livro. Naquela oportunidade coloquei a postagem sobre a LEI DO LIVRO DE SANTA MARIA (CLIQUE AQUI). Sabemos que projeto de lei é proposto pela Câmara, mas e a questão da gerência e da vontade política? Não sei como a professora Denise Cardoso e o Rodrigo Neres ainda não enfartaram com a sobrecarga de trabalho que Santiago impõe, tanto na cultura quanto na educação.
  

Existem inúmeros outros tópicos e cada cidadão poderá elencar os seus. Com certeza, caro leitor, se o executivo pretende realmente algo para o futuro cultural de Santiago, irá refletir sobre esse assunto. Esperamos isso, como santiaguenses e cidadãos. Por que resistir à Secretaria de Cultura?

Dentro de alguns dias lançaremos o VÍDEO DO DEBATE. Importante documentário histórico, da filmagem de 7 (sete) debatedores.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Secretaria de Cultura de Santiago - (Parte I)



Secretaria de Cultura de Santiago
(Parte I)


Na semana passada tivemos um debate cultural interessante, a VI Semana Literária. O que ficou de certeza é que Santiago já não é mais uma simples cidade, como outra qualquer do interior. Ela é a “Terra dos Poetas”, desde 1998, epíteto que já está arraigado no senso comum. Contudo, apesar da denominação significativa, de tudo o que a cultura representa para o povo, ainda não temos uma secretaria exclusiva dessa pasta. Por qual motivo? Não sei. Com certeza existe algo de político para essa falta. Sabemos da capacidade da Denise Cardoso e do Rodrigo Neres. Sabemos de sua eficiência. Entretanto, a educação é essencial e “suga” todas as atenções (e verbas) de um gestor. As necessidades da educação são notórias, fortes, urgentes e por si só já sobrecarregam a Denise. Por que não temos Secretaria de Cultura? Não sei. Grandes municípios, como Porto Alegre, São Leopoldo e a nossa vizinha Santa Maria já possuem tal secretariado. Não me parece, como cidadão, uma decisão sensata manter a educação (modo) unificada com a cultura (meio), pois as duas possuem relevância para a criação de um (e)leitor independente. Já que decidimos que a cultura de Santiago seria diferente, ela também necessita de um especial cuidado, com verbas próprias, autonomia, para que se divulgue mais a nossa cidade, no RS e Brasil. Sugiro, portanto, que pensemos na criação da “Secretaria de Cultura, Desportos e Lazer” (como em Feira de Santana, Chapecó, Governador Valadares etc.), ou a “Secretaria de Cultura e Turismo” (como em Bragança Paulista, Jaú e São João Del Rei etc.). Afinal, as obras construídas, não servem para o turismo?  

Brasil - 513 anos!


Acordamos!!!!!!!!!


Finalmente o brasileiro está acordando do sono de 500 anos.

- Educação, saúde, segurança, paz... Tudo isso é pelo SIM!

- Violência, corrupção, vandalismo... Isso NÃO!

Pela CIDADANIA!

Vamos acordar do BERÇO ESPLÊNDIDO!

E-mail recebido: Gen Bda Reformado Valmir Fonseca Azevedo Pereira

Uma INSTITUIÇÃO à beira de um ataque de nervos

Tudo começou com a “Placa”, lembram-se?

Inaugurada por imposição da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em homenagem aos cadetes falecidos em atividade de instrução no decorrer do Curso de Formação de Oficiais e em desagravo ao Márcio Lapoente da Silveira, ela foi fixada e permanentemente mantida nas instalações da Academia Militar das Agulhas Negras.

Naquela oportunidade, afirmamos que ela representaria o fim dos sonhos, a morte dos anseios, a descrença na caserna, o desrespeito pelos superiores, o funeral da disciplina.

Era um sinal de que tudo estava perdido.

A falta de reações permitiu que a Secretaria desembestasse frontal e ousadamente contra uma instituição centenária, permanente, e que goza da mais alta credibilidade no âmbito popular.

A Resolução da Secretaria de Direitos Humanos, publicada nesta sexta-feira (7) no "Diário Oficial da União", determinou a criação de um grupo de trabalho para apurar casos de maus-tratos e torturas dentro de unidades militares.

Conhecemos a parcialidade e a sanha que impulsionam a Secretaria dos Direitos Humanos. Contudo, semelhante investida contra o Exército Brasileiro é mais do que uma medida arbitrária e revanchista.

Nós que labutamos por mais de 40 anos naquela exemplar Instituição, vemos horrorizados como um mar de lama pode ser jogado sobre toda a sua História.

Nós passamos a maior parte de nossa vida militar lidando com soldados, com jovens que adentravam os quartéis, com precária educação, reduzido vigor físico e, em geral, sem os mínimos padrões que deveriam ser apanágios de um cidadão.

Na caserna, incutimos neles hábitos de cidadania, treinamento físico, pontualidade, higiene, disciplina e um profundo amor à Pátria.

Longe da grandeza militar e do respeito aos subordinados, de menosprezar, ferir, desmoralizar, muito menos torturar, um jovem, em geral, voluntário.

Por vezes, a dureza do treinamento, o critério da seleção rigorosa, em determinados cursos, determinavam aos instrutores e responsáveis elevado grau de exigência para a melhoria do próprio instruendo, mas sempre respeitando o “não faça aos outros o que não gostaria que fizessem com você”.

O respeito sempre foi a base para a formação de Oficiais e de Sargentos que cursaram a AMAN e as Escolas de Sargentos, todas de mais alto gabarito, tanto no que diz respeito aos temas profissionais, como os dos currículos escolares.

Para nós, criados e formados com rígidos padrões, baseados na hierarquia e na disciplina, cala como agressão essa atividade aviltante da Secretaria contra a nossa Instituição.

Temos vergonha do que está acontecendo, pois fere as nossas convicções, saber que sem o menor pejo, um reles grupo, sabe-se lá como será formado, prenhe de revanchismo, parte para denegrir a nossa instituição como se fosse um antro de facínoras.

Realmente, chegamos ao fundo do poço.

É incrível como, sem fazer força, devidamente amparados pelo desgoverno, qualquer ministério, secretaria ou autarquia pode extrapolar as suas atribuições e investir contra o que quiser.

Hoje, é obrigação das autoridades militares, do inefável Ministro da Defesa impedir a concretização dessa vergonhosa ação.

Esse passo, caso concretizado, ensejará a total investida nos currículos das escolares militares, nas suas normas, e, sem dúvida, nos seus princípios.

De fato, após tantos revezes, está difícil manter a cabeça erguida por ter passado a vida inteira acreditando que, orgulhosamente, éramos militares, que nos apegamos aos valores e às virtudes mais caras.

Sim, ao invadirem os quartéis à cata de criminosos, melhor fariam se buscassem entre seus antigos subversivos contumazes em atos terroristas, assaltos e sequestros.

Ao duvidarem dos padrões que nortearam e norteiam a vida dos militares, maculam a identidade da nossa Instituição.

Na Reserva, impotente e com indescritível mágoa no coração, vemos a Instituição que tanto amamos e respeitamos chegar à beira do colapso.

Meu único consolo é que já estou na Reserva; se na Ativa, melhor seria pedir as contas.

Não ficaria surpreso, se diante de tantos descalabros, alguém pedisse demissão.

Brasília, DF, 09 de junho de 2013.

Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...