sexta-feira, 5 de abril de 2013

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 05 de abril de 2013 - Onde estará a esperança? - por Giovani Pasini




Onde estará a esperança?

A opressão da vida diária tenta aniquilar a nossa esperança. A facilidade (capitalista) de observarmos os erros nos outros diminui a fé de que o ser humano poderá se tornar melhor, algum dia. A descrença aumenta ainda mais, quando examinamos sob o enfoque de “civilização”. Uma guerra, por exemplo, é a comprovação do fracasso de qualquer capacidade de negociação; uma falta inteligência, um desrespeito do ser autointitulado como racional. De maneira geral, se não fazemos uma forte preparação espiritual, desconfiamos dos colegas,  dos vizinhos e até de alguns entes – essa “defesa” já é parte do inconsciente coletivo – e cresce junto com os muros e cercas elétricas. Piora quando ocorre o “sectarismo social”, quero dizer, o fanatismo que exclui o outro, por algum motivo. Parece-nos que, no fundo do cérebro, existe uma tendência natural para que sejamos fanáticos (religião, futebol, política etc). É nessa insegurança que se justifica a existência dos exércitos. O ideal seria que “toda a vida fosse respeitada”, mas não é a realidade. Existem ladrões, assassinos e, obviamente, pessoas más. Da mesma forma, temos os países ideologicamente fanáticos, que podem, de modo traiçoeiro, acabar com a bela democracia. Na atualidade, perceberemos isso facilmente, se voltarmos a nossa atenção para o oriente do mundo. Onde estará a esperança? Restará esperança? Acho que sim. Façamos como a Fátima Friedriczweski e a Associação de Conservação e Proteção aos Animais (ACPA) – é a hora de reaprendermos com os animais. Antes de sermos racionais, somos seres emocionais. Amar é ação, não é reflexão.

Um comentário:

  1. Caro Giovani, obrigada pela grata lembrança. É como sempre digo, não somos seres fragmentados ou com compartimentos, somos seres inteiros, integrais. E, se amamos animais, amamos todos os seres, inclusive os humanos. Abraço e que a Graça Divina esteja sempre com vocês.

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...