sábado, 12 de maio de 2012

Crônica do Oracy Dornelles - (S) cinto


(s)cinto

 O 1° Cinto que tive notícia foi o usado pelo Tarzan: era de cipó. Outro cinto famoso foi o "Cinturão Militar" (do  meu tempo), que na verdade era a fivela a mais famosa, "Fivela Gen. Góis Monteiro", apelidada pela soldadesca, pois essa fivela servia para abrir tampas de cerveja,  com a qual esse militar abria uma  garrafinha todos os dias no jantar. Nós, os soldados, abríamos  garrafas de canha... E o Cinto da Castidade, usado na Idade Média para resguardar as partes sexuais das esposas e noivas dos  guerreiros cruzados, quando estes partiam para a guerra. Os guerreiros queriam que, quando voltassem, encontrassem "tudo" intacto. Daí surgiram os falsificadores de chaves: os conhecidos "Faz-se chaves em 1 minuto"...  -- Na luta contra a calvície os cientistas implantaram cebelo humano em ratos cobaias. E tiveram sucesso. Agora não teremos mais ratos carecas!   -- O pres. do Jockey  e o prefeito acabaram  com as moscas do Jockey. Mas  Júlio Prates, sempre incomodatício, teimoso e persistente, continuará amarelando as elites locais: agora fará guerra contra os carrapatos, criando a Campanha da Rascadeira. __Deu no Rádio: "Joãozinho Cabeça-preta convida para um grande fandango. É proibido o uso de tênis, abrigo-regata, calça (comprida) e bermudas. Nem aqueles "slacks" apertadinhos que aparece tudo... Haverá revistas e jornais.   Vende-se uma cadela baia marcada na bôca. Vende-se 3 bois solteiros e 1 vaca desquitada. Tempo: no céu de Santiago tem uma grande nuvem negra; não chove nem sai de cima..."    --- Me esqueci de outro cinto curioso, (e que doía), : foi o que mais me "marcou". Aquele que usavam     nossos pais quando fazíamos arte...
(Oracy Dornelles)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...