quinta-feira, 12 de abril de 2012

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 13 Abr 12 - Incentivo literário - Parte I


Incentivo literário – parte I

Há pouco reencontrei um escritor brasileiro, o qual nutro ampla admiração. Gostaria de dedicar-lhe algumas linhas, redigidas com humildade. Inicio o artigo com a descrição de suas feições: a pele de mulato se originou na descendência afro, herdada de seu pai (que era pintor de paredes). A mãe, branca de nascença, era a lavadeira do bairro. A modesta família seria uma base formidável, se o tal escritor não tivesse ficado órfão tão cedo. Primeiro faleceu a mãe, quando ele tinha 10 anos; o pai casou novamente, mas logo faleceria também. A partir daí, a madastra é quem o educaria. Nessa época, ele passou a ter duas complicações nervosas: apresentou sintomas de epilepsia e gaguez, ou seja, tornou-se epilético e gago. Tais defeitos lhe deram as características de reservado e tímido, que iria conservar por toda a vida. Estudou em escolas públicas e nunca frequentou a universidade. Ao contrário, a sua intelectualidade surgiu na prática: aos 16 anos entrou para a imprensa, como tipógrafo aprendiz, local que trabalharia por inúmeros anos. A construção de sua vasta cultura ocorreu de forma autodidata, com amor à literatura. Isso mesmo, a leitura foi a sua principal fonte de conhecimento, demonstrando que qualquer brasileiro pode se tornar um excelente artista. O reconhecimento de sua obra fez com que fosse aclamado, por unanimidade, o primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras. O personagem dessa coluna tem o nome de Joaquim Maria Machado de Assis, mais conhecido como Machado de Assis.

3 comentários:

  1. Caro Giovani, estou também fazendo crônicas literárias no meu blog; dê uma olhada e, se lhe interessar, posso publicar divulgando suas obras, por enquanto sem custo. Veja se lhe interessa e informe pelo e-mail: jrviviani@uol.com.br
    Um abraço.
    http://vendedordeilusao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito boa a tua crônica! Também admiro o querido Machado de Assis, principalmente oi da fase realista. Vou te mandar uma crônica do Scliar sobre ele e sua esposa.

    ResponderExcluir
  3. Olá Jrviviani1

    Obrigado por sua participação no meu blog!


    Caríssima Iara!
    Fico feliz (não imagina o quanto) de saber que tenha gostado da minha crônica.
    Já visitei o seu blog e percebi o tamanho da qualidade de seus textos literários.

    Nós (o povo brasileiro) temos que conhecer a nossa história literária, que é rica!

    Grande abraço e obrigado pela postagem linda.

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...