sábado, 11 de fevereiro de 2012

Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 10 Fev 12 - A Bahia de Caxias - por Giovani Pasini


A Bahia de Caxias

Dois dias e uma noite inteira sem dormir. O raciocínio fica lento e os olhos recebem milhares de alfinetadas fictícias. A resistência física e mental é uma ferramenta importante para profissões que exigem uma interferência no sono. Relembro, agora, os médicos, bombeiros, vigilantes e tropeiros que, algumas vezes, possuem o silêncio da noite como a única companhia. Dormir é uma das fraquezas humanas. Combato o cansaço com planejamentos reais, que me fazem desejar o poder de não precisar adormecer. No sigilo da atividade noturna, alerta, acompanhando o fervilhar do sangue verde-oliva, observo os inúmeros mapas espalhados sobre a grande mesa e detenho o olhar na topografia do Farol da Barra, um dos pontos turísticos de Salvador. O movimento de humanos, de um ponto para outro, é cercado de grandes coordenações logísticas. Uma viagem familiar, por exemplo, tumultua a rotina. Para chegar a um objetivo, temos que visualizar como poderemos atingi-lo, da melhor forma possível. Aliás, a construção de projetos (projeções) sempre foi uma atividade que me atraiu. Particularmente, gosto de transitar por terrenos inéditos, em debates sobre planos futuros. Isso é o que mais me motiva, em se tratando de trabalho. Acho que alguns leitores irão se identificar comigo. Decisões rápidas - suas consequências - e o trabalho em equipe: esgotamento corporal, mas realização espiritual. A sensação de estar vivo e ser útil para alguma coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...