quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

E-mail recebido - Oracy Dornelles. Parabéns à Prefeitura pelo reconhecimento ao artista

Recebi um e-mail do escritor Oracy Dornelles, sobre o calçamento da Rua dos Poetas.
===

Já havia lido a sua coluna no Expresso Ilustrado e achei que a solicitação de prolongamento era merecida, visto que o Oracy é um dos ícones de nossa literatura santiaguense.
===
Fico feliz - e olha que, no passado, eu já "quase briguei" com o Oracy - Repito, fico feliz com o reconhecimento do Prefeito Júlio Ruivo, pois isso demonstra uma consideração a um grande  artista municipal, em vida.
===
Particularmente, conheço o Júlio Ruivo e o Oracy Dornelles.
Sou favorável ao projeto da Rua dos Poetas.
Um projeto importante para a história de nossos escritores e artistas.
Um merecido reconhecimento do executivo municipal.
===
Leia o e-mail do Oracy e, logo abaixo, a Crônica Absurda &Cega.
===
E-mail do Oracy Dornelles:

O Prefeito Júlio Ruivo e Equipe leu minha "Crônica Absurda e Cega" publicada no último "O Expresso Ilustrado", onde pedi para prolongarem a "Rua dos Poetas", 3a. quadra, na D. de Caxias, até a frente de minha casa, pelo motivo de eu ter sido um ex-funcionário dessa Pref.  pintor e poeta barnabé. Por feliz surpresa o nosso ilustre Prefeito Júlio Ruivo aceitou minha sugestão.  Saiu a notícia hoje, na Rádio Santiago!    Muito obrigado, Prefeito Ruivo e Equipe pra frentex!!!
===
Veja a Crônica do Oracy no Expresso Ilustrado:

Crônica absurda & cega

Rua dos Poetas 3 e meio
Nunca a Prefeitura esteve tão em altas. Ruivo, Gomes, Fernando engenheiro e operários estão na crista. O desfile de máquinas e viaturas foi um monumento de progresso para o futuro da cidade. E agora, o prolongamento da Rua dos Poetas.


"Pobre rua esburacada
De Santiago, eu te saúdo.
Tu nunca disseste nada
Como se soubesses tudo."


Essa quadrinha pertence ao livro "Agonia das Trevas", escrito por mim em 1954, (há 57 anos atrás); nem o Prefeito nem o Engenheiro haviam nascido, e eu já reclamava da polvadeira de minha rua de chão. Polvadeira da rua e terra que tanto me orgulhava. Agora essa rua está recebendo benefícios, ficando mais bela e poética, até a esquina da Daví Canabarro: até o escritório do Dr. Andres, apenas uns 30 metros da frente de minha casa!...Por que o Prefeito não a alonga mais um pouquinho, até fazê-la completa, e faz a Rua dos Poetas terminar defronte minha casa?!


Afinal, bom ou ruim, eu sou um munícipe "municipal" aposentado com o mínimo por essa Prefeitura... Estou puxando? Puxada por puxada, o seu Ruivo bem que poderia puxar também, dar uma puxadinha pro meu lado, "puxando" essa Rua mais uns metrinhos até a frente de minha casa, (uns 30 metrinhos apenas), nem que fosse só para arrumar minha calçada de apenas 10 metros e meu muro torto , (rebocá-lo), feito pela D. Ayda e Clóvis. Pintar eu mesmo pinto de cal, pois afinal fui pintor da Prefeitura, o quanto me orgulha ter sido pintor e poeta-barnabé. Hé! Hé! Hé!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...