segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Leituras, análises, madrugadas e bate-papo com meu "eu"... (net emprestada)

Estou lendo alguns autores interessantíssimos.
===
As férias e a mudança estão proporcionando um tempo para colocar a leitura em dia.
===
Estou lendo uma obra do poeta e ensaísta uruguaio Eduardo Galeano: Espelhos.
Estou lendo o livro "O Local da Cultura" de Bhaba.
E, também, faço a leitura de "Tempo Nublado", de Octávio Paz.
===
É interessante como um livro completa o outro. Revezo-os, com o objetivo de misturar conhecimentos.
===
Agora...algumas análises e várias perguntas (que não estão diretamente relacionadas com os livros):

O mundo é dos vivos? 
A maioria de nós já nasce morto. 
Uma imbecilidade ocidental baseada na eternidade fictícia da competição. 
O mundo é dos mortos, principalmente, na política...

Existe alguma lei que seja superior a liberdade de pensamento?
Nenhuma. O que nunca é dito - nunca será julgado.

Existe algum remédio para aumentar a autoestima?
Existe. Talvez se afastar dos próprios conhecidos. 
Os parentes e amigos é que sabem quais são os seus defeitos. 
Contudo, algumas vezes não percebemos que os defeitos fazem parte de nossa humanidade.

Existe alguma solução para o ódio?
Augusto Cury diz que há o perdão e a anistia. 
O perdão esquece todos os erros - a anistia é uma indulgência dada aos delituosos (sem esquecer as suas falhas).
Eu penso que o ódio é esquecido quando voltamos a nossa mente para o presente.

Qual é o pior erro que podemos cometer?
A pior falha é tentar ser o que não somos. 
Se somos introspectivos, não devemos cair na "pilha" e tentar buscar a empatia. 
Fiz isso num encontro de amigos e não caiu bem. 
Os meus genes pedem que eu cale a boca.

Qual a sua felicidade?
"A felicidade não é um objetivo, mas um caminho até o objetivo." Gandhi proferiu algo nesse sentido. 
A minha felicidade é a minha vida.
Não me arrependo do que fiz.
Só que devo evitar o que não sou.
Talvez, penso agora, talvez eu tenha que redefinir parte do caminho para o meu objetivo.

Termine com um pensamento. Qual seria?
O verdadeiro significado de amizade e de amor é a compreensão. 
Quem ama não fica tentando mudar a pessoa amada, mesmo que seja um amigo.
Devemos buscar a companhia de quem nos faz bem.
A fofoca deve deixar de ser um esporte praticado perto de nossos ouvidos.
Afinal, quem não dá conversa, não ouve besteiras.
Preciso espantar esse "negroesporte" dos meus ouvidos.
Não gosto disso. Ponto final.

PS: cuidado com o que pensa, pois os pensamentos são baseados em lógicas. O ser humano possui lógicas totalmente ilógicas. A matemática dos humanos é inconstante e irreal. Ela é baseada em afirmações e sonhos. 
Afirmações nem sempre são afirmativas.
Nem sempre são positivas.
O que veio antes:  a luz ou a escuridão?
Será mesmo que somos sofistas?

Qual a sua opinião?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...