terça-feira, 29 de novembro de 2011

Cidade Educadora - uma posição de futuro

Posicionamento de um cidadão que está fora do meio político:
A participação de Santiago como integrante da Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE) deve ser preservada e desenvolvida.

Por ter sido Presidente da Casa do Poeta de Santiago (Dez 2008 - Maio 2011) tive um contato estreito com os administradores públicos de Santiago (Prefeitura e Câmara dos Vereadores) e destaco o trabalho da Professora Denise e do Rodrigo Neres acerca do projeto "Cidade Educadora". Os esforços do poder público municipal, nesse sentido, independentemente de partido político, têm sido profícuos para a nossa região.

Abandonar tal programa seria um retrocesso de anos para a nossa cidade, visto que ele abarca a mudança de atitudes da população, por intermédios de intervenções e parcerias do poder público com instituições e/ou pessoas que tenham objetivos sérios em relação a educação, cultura, saúde etc.

Respeito muito o vereador (e amigo) Miguel Bianchini. Admiro o seu trabalho, principalmente o seu incentivo para a cultura. Estranhei o seu posicionamento quanto ao Cidade Educadora, mas respeito a sua opinião.

Contudo, existe como lançar projetos de incentivo de produção sem mandar às favas outras atividades que estão dando certo e que nos tornam referência regional (ou mais que isso).

Julgo - essa é a minha opinião apartidária - que o trabalho do Rodrigo Neres no Cidade Educadora (e toda a equipe da SMEC) anda por caminhos da área técnica, com objetivos sérios. 
Essa é uma posição de futuro, de Cidade Educadora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...