segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Aniversário do amigo Menna - 31 de outubro de 2011

No sábado passado, dia 29 de outubro, estivemos no aniversário do grande Menna Barreto
O ilustre amigo nasceu no mesmo dia do Carlos Drummond (31-10). Ele é uma pessoa que sabe valorizar as amizades e o ambiente de sua casa é extremamente acolhedor.
O Menna é daquelas pessoas que aglutinam, falando pouco, mas unindo muito...
O melhor de tudo...ele é um baita colorado!

Desejamos saúde, paz e felicidade ao Menna! 
Feliz aniversário!!!

Alfredo Menna Barreto


domingo, 30 de outubro de 2011

Dia D - 31 de outubro - Dia de Carlos Drummond de Andrade



O dia 31 de outubro de 1902 marca a data de nascimento de Carlos Drummond de Andrade.

O DIA D – Dia de Drummond -- CLIQUE AQUI  e vá para o site do movimento.

A seguir, algumas imagens de “slides”, de parte de uma aula que ministrei para o 3º ano do Ensino Médio do Colégio Militar de Santa Maria.

CLIQUE NAS IMAGENS e leia o que o próprio Drummond escreveu sobre si mesmo.





Agora, veja um de seus mais famosos poemas "A flor e a náusea" (1945).



Clique no filme e veja uma fantástica entrevista com Drummond:


Movimento por um Brasil Literário - Participe!



Existe uma iniciativa a favor da literatura brasileira, denominada "Movimento por um Brasil Literário".

Ela nasceu da vontade do Instituto C&A, da Associação Casa Azul – organizadora da FLIP -, da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), do Instituto Ecofuturo e do Centro de Cultura Luiz Freire (CCLF) de juntar esforços e experiências para incentivar a criação de um Movimento por um Brasil literário

Segundo a organização "Um movimento não passa a existir de repente, nem se baseia em uma ideia inédita. Ele é feito de pessoas e organizações, com propósitos e desejos semelhantes, experiências e anseios complementares, mas comporta a diversidade, o que o enriquece. Ele organiza e sistematiza ações e pensamentos para um determinado objetivo, a fim de causar um impacto na busca por esse propósito. É fruto de uma mobilização." 

A organização possui um site e a participação pode ser feita on-line e  já possui mais de 7.000 participantes.

Lá, o leitor poderá conferir fóruns de debates, entrevistas, notícias de concursos literários etc.
CLIQUE AQUI e acesse o site!
Movimento por um Brasil Literário!
===
Faça a sua inscrição - clique aqui.

Mensagens carinhos no Blog ... obrigado aos amigos!

A seguir, coloco os comentários carinhosos que recebi, de alunos e amigos, na postagem do último cafezinho poético do Colégio Militar (clique aqui para ver). 
Como algumas pessoas fazem o bem para a nossa alma. São anjos que nos retiram da tristeza e da escuridão.
Obrigado aos amigos...
===

Christian Pasini disse...
Nós que agradecemos querido primo!

Boa viagem e bom estudos!
Abraços!


Alison Medina disse...
Não deu pra ir na despedida, mas certamente ficaremos todos com saudades do senhor.

Grande professor e amigo.
Abraços, boa viagem.


Mayara kellen disse...
Como eu me arrependo de não ter ido nos antigos cafezinhos,mas agradeço muiiito por tudo o que o senhor fez pela gente! Sentiremos muiita falta, fessor! E boa nova vida, no nordeste :)

Nathy Gindri disse...
Vai com toda a certeza fazer muita falta prof!!

Tudo de bom, vai com fé que lá vai dar tudo certo!
Esperamos você de volta pro 3ao mais legal do cmsm, com o professor mais legal de literatura, e de grandes lições de vida!!
Muito obrigada por tudo!
Beijos!


Foi muito proveitoso as suas aulas professor, aprendi literatura... tenha muita sucesso lá em Olinda!

Boa sorte.


Eduardo Kapp disse...
Todos os dias quando acordo, não tenho mais o tempo que passou... Todos os dias antes de dormir, lembro e esqueço como foi o dia. SEMPRE EM FRENTE! Nosso suor sagrado é bem mais belo que esse sangue amargo. Temos nosso próprio tempo. O que foi prometido NINGUÉM prometeu. Nem -não- foi tempo perdido. Somos TÃO jovens.

Não pude deixar de pensar nessa música.
Amigo, professor, instrutor, tu é foda! Boa sorte!


joao NUNES disse...
Não pude ir na despedida, rolo uma caminhada ai sacomé né, mas fica o meu agradecimento pelas suas aulas, apesar de tu nunca deixar eu dormir nelas -.- ieaoieas' boa viajem. abraço

lauren f. disse...
Professor, aqui vai um 'MUITO OBRIGADA' do fundo do coração. Obrigada por todos os cafezinhos, pelas aulas maravilhosas, pelos conselhos, por tudo que o senhor fez por todos nós.

Obrigada pelos momentos de compreensão e por se importar com teus alunos. 
Aguardamos ansiosamente tua volta!
Te admiro muito.
Valeu Carlos Giovani Delevati Pasini! Tu é o cara!


Anônimo disse...
O sor, o senhor sabe que minhas palavras não irão demonstrar todo o sentimento que temos pelo o senhor.

Você não foi para nós apenas um professor, fosses um verdadeiro companheiro que se importava, se dedicava especialmente para os alunos, mudou a vida de muitos alunos especialmente a minha.
O senhor deixara um enorme vazio em nossas vidas, e um vazio dentro da sala de aula.
Mas estou torcendo pelo senhor, nunca esquecerei a amizade que formamos, Boa Sorte, Boa viajem que o senhor e sua família sejam muitos felizes e até 2013. ^^ 
Fabricio Duarte (F.Duarte)


Leo Lira disse...
Tudo o que o senhor colhe hj, foi fruto de que o senhor nos ensinou ao passar desse ano maravilhoso!

muito obrigado por todas as lições, puxões de orelha, gritos para nos chamar atenção em sala... esse seu jeito "carente" fez com que todos os seus alunos gostassem cada vez mais do senhor, e hj o levassem no peito como um grande amigo!
espero ve-lo em 2013 no terceirão!
Aproveita essa praia, seus filhos como senhor já disse,devem estar loucos para ir.
SE CUIDA TCHÊ!
Nunca deixe de cultivar os valores de sua terra! Nunca deixe de ser esse gaúcho q gosta muito de chimarrão com erva Santiago!
Boa sorte.


Matheus Donay disse...
Grande coca-cola poética! auhuaahua infelizmente acabou, mas ficará com certeza guardado no coração de todos os momentos ímpares que tivemos. Risadas, discussões, troca de idéias, valeu Pasini!!!

Matheus Donay disse...
Ah, só pra marcar: E é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã! ;)

Bruno Scherer disse...
Um professor, um amigo, um pai, que em cada um de nos acreditou e nos ajudos mesmo nas horas dificeis, nas viajens astrais do cotidiano, sempre com um grande sarriso no rosto. Continue assim grande amigo.Boa Sorte e ate a proxima.

Bárbara Chaves disse...
O senhor vai fazer muita falta para todos nós! Acho que todos nós só temos a te agradecer por tudo que o senhor vez ao decorrer deste ano! Melhores aulas de lit só com o senhor!

Aproveite esse tempo lá no Norte! E até o 3ão!
Boa sorte!
Beijos!


Lígia Rosso disse...
Giovani...dá um aperto no peito ver essa postagem...imagino como você se sentiu...vida de professor tem dessas coisas. Abração meu amigo!!Esses alunos mostraram o quanto te amam.

Tânia Tanferri disse...
Parabéns ser amado pelo que se faz e representa é um privilégio ... Aleluias !

Estou passando por aqui para agradecer sua presença no meu blog Cantarolando ... sem vergonha, fiquei surpresa e feliz . Muita luz para você e todos que compartilham da sua amorosidade .
Seja muito feliz .


Tânia Tanferri disse...
E por favor sinta-se a vontade para puxar minha orelha ... como professor .

Reflexões de uma gaivota saburra

A literatura é a liberdade dos sonhos.
Com erros e acertos, se fazii uma literatura.
A escrita literária se resume no "contar algo", de alguma forma.

Algumas vezes, sinceramente, gosto do indivíduo que não sou.
Gosto da voz de quando não falo.
Gosto do abraço que não dou.
Gosto do elogio que não recebo.
A falsidade faz parte do ser humano.
Gosto quando não pertenço a humanidade.
Adoro o vazio da solidão e o vácuo das vozes.
"Vozes aveludadas - veludosas vozes".
Bocas podres e mentirosas,
como a água da fétida sarjeta
urubus peçonhentos
de Alsácia-Lorena
com mortes de guerras mundiais
em pífias almas terrenas.
Venenos, vozes e versatilidade.
Flexibilidade da estúpida sociedade
dos olhos de poço fundo
de asas de plano raso
e de contatos ignóbeis.

Simplesmente o buraco
da montanha que um dia foi
na serra pelada do relacionamento
e na amizade saburra.

(um dia me disseram que a gaivota era branca, não tão negra)

Uma arte mágica
da indecisão melodramática
da musicalidade
da realidade pintada
do filme não assistido
e da literal valsa
 - encenação poética -
para os olhos do compositor.

Uma porcaria que não deveria ser escrita
imagina, ainda,
para ser lida.

A mais bela
flor
do
Paraguai.

sábado, 29 de outubro de 2011

Artigo Expresso Ilustrado 28 de outubro de 2011 - Muamar Kadafi - por Giovani Pasini

Muamar Kadafi

Alguns vídeos terríveis veicularam pela internet. Nas imagens, o ex-ditador da Líbia é torturado, sendo empurrado por uma multidão que grita e executa tiros para o alto. O homem, que possuía o nome em incontáveis variantes (Muamar, Moammar, Muammar, Kadaffi, Cádafi, Qadhafi, Gadafi etc.) era líder de um país do norte da África e foi derrubado por influências ocidentais. Como Saddam e Osama, agora Kadafi também está morto. Outra vitória do ocidente? Difícil dizer, ainda mais quando se fala daquela parte do mundo. É dificultoso, inclusive, escrever sobre um povo que nasce oprimido, acostumado com a guerra. Mortes, estupros, ferimentos, ofensas, fome e tanto mais. Excetuando-se alguns poucos cariocas, que viveram (ou vivem) em “favelas sitiadas”, raros serão os brasileiros que imaginarão o ódio como sentimento do dia-a-dia. A raiva tão aflorada que se torna gritos e urros, tiros e pancadas. No Brasil, algo parecido ocorre, algumas vezes, em torcidas fanáticas do futebol. A parte negra do ser humano, que nos aproxima dos primatas. Aliás, acaba nos tornando piores que qualquer animal. O poder que corrompe; tão forte quanto o dinheiro. A lei do retorno; a morte que leva à morte; o “olho por olho” do fanatismo religioso. O terror que nos leva a assistir um filme de feras abomináveis, que acabaram de abater outro monstro. O círculo que não tem início nem fim, sendo apenas outro ciclo da ignorância. Somente poder, dinheiro e violência. Algo que é do oriente e do ocidente. Coisas do “bicho-homem”.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Festa surpresa de despedida - organização dos alunos do CMSM!

Ontem, 25 de outubro, tive uma grande surpresa.
Os alunos do 1º Ano do Ensino Médio montaram uma festa surpresa de despedida por conta deles.
A festa foi impecável, muito bem organizada.
Não vou citar nenhum nome, para não cometer injustiças, mas as fotos demonstrarão todo o afeto que recebi.
Tenho muito carinho e amizade em cada um dos rostos que aparecem nas fotos e, também, nos que foram impossibilitados de ir, por algum motivo.
===
Agradeço aos meus alunos de 2010 e 2011, na disciplina de Literatura Brasileira, que me fizeram o indivíduo mais real, mais produtivo, mais feliz da face da terra, dentro de nosso mundo de aprendizagem e do “faz de conta” – a sala de aula. Espero que eu possa ter ajudado esses jovens, ao menos uma décima parte do que eles me ajudaram.
Tenho a grata satisfação de afirmar que estes dois anos foram os melhores de toda a minha vida profissional, que já completa 20 anos.
===
Na festa, a Karla me levou como se fosse para o aniversário de um filho de um colega. Ela chegou a levar um presente para a criança! Os alunos entraram em contato com a Karla cerca de duas semanas antes. Fizeram convites e arrecadaram o dinheiro para fazer a festa.
===
Agradeço aos “alunos-amigos” por tudo o que fizeram!
Sem palavras!
===
O vídeo a seguir registra o momento das palavras de alguns alunos que participaram do evento (o som está um pouco baixo). Também lancei algumas fotos da festa surpresa. Muito obrigado!

















terça-feira, 25 de outubro de 2011

Postagem de Márcio Brasil: livro Geração Pixel é elogiado por Oracy Dornelles


"O livro Geração Pixel, lançado há poucas semanas na Casa do Poeta, foi muito bem recebido pelos leitores de Santiago. A foto acima é um flagrante do mestre Oracy Dornelles, o mais admirado escritor da chamada Terra dos Poetas, concentrado nos versos do conterrâneo Breno Serafini. De tanto que gostou de Geração Pixel, Oracy não hesitou em afirmar que "é o mais importante lançamento literário do ano em Santiago". O livro será um dos destaques da 13ª Feira do Livro, de 23 a 26 de novembro, quando Breno retorna à sua cidade natal para autografar."

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Artigo Expresso Ilustrado 21 de outubro de 2011 - Montevideo - por Giovani Pasini


Montevideo

Essa semana fui a Montevideo, capital do Uruguai, acompanhando um intercâmbio cultural do Colégio Militar de Santa Maria com o Liceu Militar General Artigas, daquela cidade. As impressões coletadas foram as melhores possíveis. A localidade é parecida com Porto Alegre, principalmente na área portuária. Existe uma grande avenida, que acompanha a costa litorânea e a calma do rio da Prata contrasta com a agitação da metrópole. Durante a visita, fomos ao estádio Centenário, onde ocorreu a primeira Copa do Mundo. Lá, os uruguaios possuem um vasto museu do futebol; local onde percebi uma admiração pela seleção Canarinho, em meio aos diversos troféus daquele país. Nas repartições encontramos fotos das seleções brasileiras campeãs do mundo: 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Intercalando com as gravuras estão expostas duas camisetas do Brasil: uma que foi usada por Vavá e outra do Pelé. Passamos, ainda, na Câmara dos Deputados, na Fortaleza General Artigas, no Museu Militar e no próprio Liceu. Como este artigo é escrito nas terças, ainda estou no intercâmbio. O que mais surpreendeu, até agora, é a receptividade do povo uruguaio. Parece que ("nosostros") estamos em solo pátrio, tamanha a hospitalidade. É impressionante como alguns quilômetros separam povos, idiomas e costumes. A comunicação fica dificultada pela diferença da língua, mas as experiências se engrandecem com as novidades. Toda essa interculturalidade diminui as divisas imaginárias que só existem em mapas e pensamentos. Muchas gracias. Muito obrigado Montevideo.

Ensaio - Devaneios de um escritor: impressões lançadas em jatos pútridos.

Os devaneios fogem do senso comum.
Não se assustem os amigos, pois arremesso alguns devaneios do colega Fernando Reis, transcritos da forma como foram vomitados, por isso as aspas conectadas:
===

"O agora não existe em realidade. O presente é a voz da podridão, nos espelhos de uma grota marginal. Os recôncavos de teu cérebro e de tua alma são as imagens do entulho de um boqueirão metropolitano. Para atingir a plenitude literária é necessário despir-se das amarras sociais e dos grilhões do politicamente correto. Os teus olhos refletem a felicidade plena? A tua boca profere palavras inteligíveis? Não tenha medo de transitar pelo delírio, como que o real existisse realmente. A aliteração expelida, anteriormente, denigre o conceito do lógico. Uma bolha diária que sufoca o humano e que limita o cérebro a no máximo 5% de atividade. A barreira dos limites de literatos transgênicos e egocentristas, assim como eu, que bolinam o próprio caráter com a falsidade do subconsciente, dominado pelo gosto do leitor; um agrado sequer e já achamos que escrevemos. Uma palavra de um elogio insensato (e não sincero) e já quebramos o principal objetivo do ócio criativo: calar a maldita boca. Onde que está a fervura da alma? Aliás, existe realmente a alma e o espírito? A religião é o ópio do povo, ou o próprio povo é a droga de tantos olhos. O que é normal? Qual a diferença de nossos segundos? Procuro a resposta em cantos escondidos de minha loucura. Liberto-me da opressão de ter que escrever algo que o leitor goste de ler, pois o texto não é meu, nem nosso. O texto é do mundo e para o mundo. Aliás, as palavras também não são minhas. Os pensamentos escorrem pelas ideias dos outros. O que é original? O que é único? Talvez, penso eu, a unicidade esteja no fato de fracassarmos várias vezes, de diversas formas; de nunca conseguirmos responder o óbvio: de Darwin a Agostinho; de sonhos a pesadelos, da gnose até a agnóstica covardia. Esperamos que alguém leia e comente: qual o motivo? Qual a carência que existe de ter que ouvir para gostar? A resposta está na espada e no revólver. A espada foi sacada e o tiro foi dado. Houve o medo da antecipação; ofender para não ser ofendido. A acomodação do intelecto ocorre quando pensamos pouco, ou não pensamos. Só sei que nada sei. Sabemos que nada sabemos.  Mesmo assim, vivemos baseados em decisões que nada sabem. Nascemos julgando e tomando decisões sobre falsas certezas. Onde está o grito de tua garganta? Em que frase se encontra a liberdade de tua inteligência? Não adianta ter um corpo europeu se a alma é afegã. Não adianta os joelhos fiéis se o peito é terrorista. Leve os teus fracos olhos azuis para o lado negro da alma. Somente lá é que encontrará a beleza da arte. A aridez citadina acabará e encontrará a fértil escuridão que prega o poder. O espírito pode ser apenas uma pequena parte de teu cérebro louco. Como o teu pior inimigo, tu também te corrompes. Como o teu maior inimigo, tu também te estragas. Talvez os umbigos sejam siameses. Talvez a podridão da brancura de tua letra, seja o reflexo da lama e do caos. Só saberemos quando o véu cair e o sol ficar do tamanho de uma bola de pingue-pongue. A nossa massa cinzenta é água e putrefação. A vida é um erro da matemática infinita de Zeus. Os erros do texto vomitado fazem parte de sua construção. Não corrigiremos. A saudade não é obra de Deus, mas a criação da ébria vivência do próprio homem. Por qual motivo tenho que parar de escrever? A gota d’água é a lucidez que insiste em voltar e empurrar a ‘expedição negra’ de volta para cama. Já é tarde e amanhã tenho responsabilidades. A morte do ócio criativo, pela cegueira do diário...” 

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Montevideo - Atividade cultural com o Colégio Militar de Santa Maria

Não poderia ser melhor.
A minha última atividade no Colégio Militar de Santa Maria está sendo uma viagem de Intercâmbio Cultural entre o Colégio Militar de Santa Maria e o Liceu Militar General Artigas (Montevideo - Uruguai), que ocorrerá de segunda a quinta, desta semana.
===
Já passamos pelo Senado Federal, Estádio Centenário (onde foi realizada a primeira Copa do Mundo), passamos pelo 1º Regimento de Cavalaria, onde repousa as cinzas do General Artigas e fomos a tantos lugares diferentes.
===
Agora, daqui a uma hora, teremos um jantar com a comitiva uruguaia.
O conhecimento cultural de outros locais é fantástico. Vemos tantas pessoas e coisas diferentes...
Amanhã colocarei algumas fotos do intercâmbio.

Até mais

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Prêmio Paulo Freire - Talentos em Educação - Câmara dos Vereadores de Santa Maria


Na noite de quinta-feira, 13 de outubro, a Câmara de Vereadores de Santa Maria realizou Sessão Solene de entrega do Prêmio Paulo Freire de Talentos em Educação aos educadores cujos projetos de ensino tenham se destacado em 2011. 
O Prêmio, instituído por lei municipal é dirigido aos professores que desenvolvam projetos em instituições públicas de ensino, em nível municipal, estadual ou federal.
===
Tive a oportunidade de receber o prêmio pela categoria “Ensino Médio” em virtude do projeto “Educação, Literatura, Conscientização e Cidadania”, que foi realizado no Colégio Militar de Santa Maria (“Cafezinhos Poéticos") e no Lar das Vovozinhas (“Hora do Conto” – projeto da UFSM, coordenado pelo professor Celso Henz).  Nessa fase, a atividade foi executada num grande grupo: alunos do CMSM, acadêmicas da UFSM e alunas do Curso Normal do Instituto Olavo Bilac.
O filme logo abaixo é uma gravação artesanal de parte da sessão solene da Câmara dos Vereadores, que passou na TV Câmara, canal 16, em Santa Maria.


Recebendo a premiação com o Cmt / Diretor do Colégio Militar

Premiados Paulo Freire - Talentos em Educação
Cel Piaggio (Diretor do CMSM), Sandra Rebelato (Presidente da Câmara) e eu
Certificado recebido

VEJA O VÍDEO

Convite para o lançamento dos livros "Nas Entrelinhas" - Lígia Rosso e "Geração Pixel" - Breno Serafini (Participe!)

É amanhã!
Participe!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Último cafezinho poético do Colégio Militar de Santa Maria - sem palavras!

Sem palavras. 
Fiquei emocionado no último "Cafezinho Poético" do CMSM.
As palavras dos alunos me deixaram muito feliz!
Obrigado por tudo!
Levo, no coração, todo carinho que vocês me proporcionaram!
Espero que sejam felizes...
Totalmente sem palavras!!!!
==
PS: na confraternização, eu recebi uma agenda 2012, da turma E4, com a assinatura e mensagens de todos os alunos. Futuramente irei fazer uma postagem especial sobre isso...


































































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...