domingo, 18 de setembro de 2011

Artigo Expresso Ilustrado 16 de setembro de 2011 - Catando Possibilidades - por Giovani Pasini



Você nasce, é criado da melhor forma possível. No passado infantil, as brigas familiares permanecem como uma doce lembrança. A educação “herdada” surge como o verdadeiro presente deixado pelos pais. O tempo passa e nasce aquele desejo enlouquecido de chegar aos 15 anos. Depois a vontade dos 18, dos 21... De repente, quando você se dá conta, já está com 30 anos e possui filhos. Apesar de existirem tantos livros sobre o assunto, ninguém nos ensina a ser pai (ou mãe). Então, no decorrer de cada detalhe da vida, em cada erro e acerto, construímos uma família. Dentro de um lar, deixamos a literatura pedagógica de lado e lembramos os bons exemplos de nossos educadores (no sentido amplo). O ciclo se perpetua, a cada geração. Volto ao Legião Urbana: “Você culpa seus pais por tudo; isso é um absurdo, são crianças como você, o que você vai ser, quando você crescer”. Algumas vezes, aparece aquela impressão de estarmos perdidos no próprio mundo: o que fazer? Como decidir? O que meu pai faria? Surge, então, a sensação de que o tempo irá nos engolir. O chão parece sumir e os pensamentos ficam na superfície, na beira da casca; os olhos percorrem o vazio de ideias. Independentemente da dúvida (interior), ainda existem pessoas que precisam de nossa fortaleza, da base concreta e do ombro companheiro. Hoje estamos inseguros, amanhã poderemos ser o exemplo. A vida nos faz refletir; não somos tão ruins assim. Estamos na terra, num olhar freireano, apenas catando possibilidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...