sábado, 6 de agosto de 2011

Ensaio sobre a burrice e a sabedoria

A busca da sabedoria passa pela imersão nos estudos. 
Contudo, a sabedoria não significa grau de estudo. 
Podemos ter ótimo conhecimento numa linha específica e boas informações na cultura geral. 
Entretanto, penso que a melhor definição de "ser sábio" é a sabedoria de se adaptar, da melhor maneira possível, aos ambientes e pessoas com quem convivemos. 
A sabedoria, também, deve ser sinônimo de uma só cara, de apenas um caráter. 
Nesse ponto, vivemos dias de burrice.
Já arrumei vários inimigos, por que tive a coragem de sentar e falar o que pensava.
Julgo que assim é melhor. 
Além disso, tento libertar os desafetos de meu ódio; faço-os escapar de minha raiva.
A tua face - da forma como ela é - um dia irá aparecer. A burrice acha que pode enganar várias pessoas. O diabo só consegue isso, dizem, pois ele é muito velho.
A maturidade - fiel companheira da sabedoria - a maturidade traz a paciência e a visão de que o tempo passa para todos. 
Somos imperfeitos, e daí?
A melhor perfeição é a certeza de que todos aprendemos, na gangorra da vida. Todos temos qualidades e defeitos.
Disso tudo - pensamentos perdidos - posso afirmar que: se você julga os outros, ressaltando os defeitos, você é que está errado.
Se formos assim, faltará pasto para todos nós.
Ponto final.

2 comentários:

  1. Sim, Giovani, ser sábio, não é apenas possuir um diploma. Ser sábio, é conseguir lidar com as vicissitudes do cotidiano. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Um ótimo texto, gostei muito. Conheço uma frases que diz assim: A sabedoria nasce de dentro de nós, e se exterioriza; surge no coração e só pode ser adquirida por meio da meditação. Até os analfabetos podem conquistar a sabedoria, se souberem meditar em seus corações sobre as grandes verdades.Um abraço!

    Smareis

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...