quinta-feira, 12 de maio de 2011

Perambulando - Poema - por Giovani Pasini

Caminhando
vazio
sentindo a presença
da escuridão.


Contrariando 
meu breu,
embaixo da ponte,
cheio,
o estômago vazio sorri;
dentes perdidos, 
alma encontrada
olhos brilhantes
e problemas no vácuo.


Debaixo do pontilhão
- preconceito -
é algo que não se come.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...