sábado, 14 de maio de 2011

A literatura nos faz sonhar

A literatura adquire, algumas vezes, uma forma de "fuga da realidade".
===
Na poesia existe a figura do "eu-lírico" que é o "eu" que fala no corpo do poema. Nem sempre o que está relatado no poema é a expressão da realidade, pois o escritor "incorpora" a sensação coletiva e transporta para as linhas.
===
O escritor Fernando Pessoa possuía inúmeros heterônimos, ou seja, personagens construídos, com histórias de vida. Dentre eles, os mais destacados são Alberto Caeiro, Ricardo Reis e Álvaro Campos.
===
O sonho é o que motiva o movimento do mundo. O que vem antes, a ideia ou a ação?
Isso me lembra a história do "Ovo de Colombo".
===
A fuga da realidade é a construção de inúmeras irrealidades. A criação de mundos paralelos, magníficos ou sinistros.
===
Dentro de uma história, o autor é deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...