terça-feira, 10 de maio de 2011

Artigo Expresso Ilustrado 06 de maio de 2011 - Docência é decência - Parte II - por Giovani Pasini

Docência é decência. Tem que ser e ponto. Não existe o meio termo. O político britânico Benjamin Disraeli escreveu que "A vida é muito curta para ser pequena". A existência do professor é grande, por natureza. Isso é fato: os professores dão o "pontapé" para todas as profissões. Tudo começa na escola, na educação infantil. Mas por que temos inúmeros professores adoecendo? São incontáveis as enfermidades: Lesão por Esforço Repetitivo (LER), síndrome de Burnout, depressão, inanição etc. Como garantir um bom ensino para os alunos se a vida dos educadores está confusa? A mudança ocorrerá com a transformação da postura do povo; só a população pode modificar essa incoerência social. Não é possível que um país como o Brasil, 7ª economia do mundo, ainda possua cerca de 15 milhões de analfabetos. A educação não pode ser apenas um bom discurso eleitoreiro. Temos que abandonar certos pensamentos subdesenvolvidos. O investimento na educação e nos educadores é essencial para a evolução social. E pode ser resumido em três palavras: formação, especialização e financiamento. No Japão, a única pessoa que não se curva para o imperador é o professor. Encerro o artigo com um extrato da música Anjo da Guarda, de Leci Brandão "Na sala de aula é que se forma um cidadão; na sala de aula é que se muda uma nação". Vamos mudar o futuro? Comecemos pelos nossos filhos e alunos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...