terça-feira, 15 de março de 2011

De Ladrão a Poeta - Parte II - Artigo do Jornal Expresso Ilustrado - 11 de março de 2011

No último artigo escrevi sobre átomos, amor e evolução humana. Neste, percorrerei os caminhos da cultura, ainda que superficialmente. A "ressurreição de Santiago" possui época determinada; a data ocorreu em 1998, com a criação da lei "Terra dos Poetas". Martha Medeiros, escritora gaúcha, declarou que "É impossível deter o desenvolvimento de lugares e pessoas". (Escapo do tema principal, para dizer que a nossa cidade possui Carnaval! Irei dedicar uma coluna especial, ao terminar essa trilogia). Em pouco mais de dez anos (1998-2011) evoluímos muito; a "aura" regional modificou. Houve uma renovação estrutural de nosso pensamento, ainda que não percebamos claramente. A literatura deixou de ser artifício de alguns, passando a fazer parte do cotidiano santiaguense. Na semana passada, tive um contato significativo com a professora Rosane Vontobel. Ela relembrou Walter Benjamin "Temos que ser defensores da liberdade de todas as vozes". Qualquer leitura se torna importante, pois nos ajuda a (re)pensar. A cultura é medida pela diversidade de costumes e valores. Quanto mais heterogênea for uma sociedade, melhor ela será. Portanto, ficar discutindo se o indivíduo pode ou não escrever (forma e conteúdo) sempre será um "redemoinho sem água". Relembrando Descartes "Penso, logo existo". Escrevo, então reflito. Vivo, é bom que aprendo - e não apreendo. As letras são do mundo e não de um homem. (Continua...)

Um comentário:

  1. Esta multiplidade de conhecimentos, opiniões e pontos de vista veio formar uma nova perspectiva da vida, uma nova ordem mundial. Antes entendia-se que tudo era voltado a um centro responsável por moldar o que era a vida. Agora, o centro foi substituído por pólos periféricos capazes de propor visões das realidades e seus respectivos valores. Este novo formato possibilitou essa nova estrutura cultural, e a internet é uma das grandes responsáveis por esta multiplicidade.
    No entanto,será que esta heterogeneidade cultural perpetuará, mesmo diante desta aldeia global, que gradativamente submete culturas consideradas "inferiores" a iminente extinção de seus valores. Será que seremos engolidos por culturas de grande repercussão que, por meio de suas ideologias massacrantes nos faça consumir de seus produtos?

    Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...