terça-feira, 30 de novembro de 2010

Mensagem de Dilan Camargo para Oracy Dornelles

Caro Oracy!
Voltei de Santiago gratificado, pois tive a feliz oportunidade de te conhecer pessoalmente. Apreciei todos os momentos de nossas conversas. Além disso, senti-me honrado pelo teu gentil convite de me levar a conhecer a tua casa. Adentrei no refúgio do poeta, e como pouquíssimos, pude ver a profrundeza da geografia humana de um habitat poético. Livros e livros, discos e discos. Poesia e música. Esses, para prescrutar o infinito interior. E um telescópio, para varrer as distâncias do universo exterior. E, enfim, ao chegar na minha casa, ler teus novos livros, e ser levado por eles às regiões mais raras da verdadeira poesia. Controle absoluto e criativo da linguagem poética. Cortes exatos nos versos, concisão, metáforas originais, a incrível e quase impossível transcendência do cotidiano, aptidão única dos verdadeiros poetas. Obrigado pela leitura da tua poesia.
Continuaremos nossas conversas.
Abraço.
Dilan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...