terça-feira, 3 de agosto de 2010

Poema 6 - Palavras

as palavras são
eclético-versáteis
em momentos elevam
noutros, invadem

palavras são armas
ágeis inimigas
limitando pensamentos
em grilhões da própria alma

passeiam pelo som
ou letras
interligam indecifráveis
espaços
e entrelinhas de sonhos

redemoinhos das dúvidas
causam espanto
no analfabeto, mais simples,
e, também, nos sapientes
ignorantes

Semblantes.

regras para o libertário cerebral
libertino e revoltoso
revoltado

as palavras refletem o coração
machucado
feliz
indeciso
frio
arrogante
realizado

flechas do espírito
envolvendo o mundo de alguém,
ou de alguns

até o grande Silêncio
da pequena voz
parafraseada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...