segunda-feira, 3 de maio de 2010

A doce vida... (Louco ensaio)

A vida é bela!
===
A literatura é a forma de colocar a vida em códigos.
Pequenas letras,
palavras eternas...
===
Sonhar é estar vivo.
Todos os desejos,
aspirações,
objetivos e
metas;
tudo é estar aqui,
no presente.
===
Aliás,
o respirar é um presente...
Uma série de batidas de um coração
que impulsiona
(ou é impulsionado?)
por uma mente.
===
Quem mente,
ao contrário,
vive ferozmente
sem ser sóbrio ou doente,
apenas imaginário.
===
Não sou um poeta.
Sou poético.
O meu desejo é percorrer a eternidade
com a alma em códigos,
letras,
vida.
Sobrevida?
===
A doce vida,
A literatura doce,
Adoece o homem
Adormece a ida.
Fica-se parado
imóvel
nas gélidas formas
das fôrmas
da lida.
===
Morro mas deixo o meu legado.
Largado
jogado
sangrado
no agrado de sua lida.

Um comentário:

  1. Seus textos são presentes , vc surpreende à todo tempo, esse tá tudo de bom, me tocou hein, bjksssssss.

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...