segunda-feira, 19 de abril de 2010

Silêncio e esquecimento

Gosto do silêncio...
===

Acho que todos nós deveríamos ficar um pouco quietos, sós.

O silêncio favorece o pensamento.
===

Não gosto, algumas vezes, do que falo e de como me expresso.

Entretanto, sou feliz por ser assim.
===

Acho, mesmo, que tenho um problema de memória:

esqueço os livros que leio - a maioria;

esqueço os textos que escrevi;

e, o pior de tudo, esqueço do nome das pessoas...

===
Tenho relativa facilidade de guardar rostos, faces, sorrisos;

mas esqueço os nomes.

Algumas vezes são pessoas próximas...

===

Aí vem a sensação de culpa, de falta de educação.

Mas é apenas esquecimento...

===

Gosto tanto do silêncio que, algumas vezes, sou taxado de antipático.

===
Eu me classificaria como
introspectivo,

teimoso,

disperso e
tonto.
===

Acho que um pouco chato, também...

===

Só que sou inocente.

Não tanto, como há cinco anos.

Talvez um pouco mais citadino e mundano.

===
Não gosto quando falo.
Não sou eu - é a minha língua.
===
Gosto, sim, do meu pensamento acelerado
quase hiperativo...

===
Gosto quando fico em silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...