segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A imagem dissecada

Foto retirada da internet

A perfeição de caráter nunca será alcançada.
O ser humano é falho e imperfeito.
===
Obviamente, se torna mais fácil encontrar defeitos
na personalidade dos outros.
Julgar é o ato mais fácil de ser executado.
===
Pense comigo:
julgamos quando escolhemos o cônjuge,
quando queremos comprar uma roupa,
fazer uma comida,
executar um esporte,
ter filho ou não,
assistir um filme,
e tantas outras decisões...
===
Escolher é o ato mais executado na vida.
Tudo são escolhas e julgamentos.
Escolhemos tudo exceto a morte (quando não a escolhemos).
Nós julgamos - baseados em nossa experiência - para escolher.
===
Entretanto, o
é a atitude mais difícil de ser realizada.
Por isso, tenha muito cuidado ao julgar os outros.
Existe uma grande chance de você estar sendo enganado
pela própria arrogância.
===
Pensar nos próprios defeitos é muito bom.
Tentar corrigi-los também.
Difícil - quem já passou por isso sabe o que estou dizendo -
difícil é ser corrigido por quem é imperfeito ( talvez mais que nós)
e carrega uma carga excessiva de presunção.
===
Só que, no final de tudo, a análise "de fora" será sempre boa.
Rever a própria "imagem dissecada"
converge para a desestabilização e,
em consequência,
para uma reestruturação.
===
Afinal, a educação é isso:
ninguém é perfeito, todos podem ser mudados.
Evolução acalentadora.
Aprender e nunca ser apreendido por uma situação.
===
Por fim,
nunca tente prejudicar alguém.
Siga a proposta de Augusto Cury:
se não puder perdoar (esquecer)
ao menos de anistia para quem o magoou (esqueça dele).
Afinal, se você não amar a si próprio,
quem amará?

3 comentários:

  1. Realmente Giovane!
    É tão fácil falar, julgar e criticar os outros não é? rs

    To passando aqui pra te convidar para uma postagem coletiva sobre ação contra a violência que nos assola! Passa lá no meu blog e leia o post, se você quiser participar e puder convidar seus amigos blogueiros, eu ficaria muito feliz!

    Te espero!
    Paz!
    Beta

    ResponderExcluir
  2. thank you very much! be blessed!

    ResponderExcluir
  3. Putz... verdade mesmo tudo isso que disseste!!
    Amei!
    ;D

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...