quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Artigo para o Jornal Pampa Regional - Questão de um momento...

Foto da Internet

Hoje, enquanto atravessava a rua em direção à faculdade, um senhor idoso, acho que com mais de oitenta anos, deu-me um sorriso grande e largo. Os dentes alvos, brilhosos, contrastaram com a noite escura.

Acho interessante a empatia que surge em momentos rápidos, com pessoas desconhecidas, como esse que vivi. Talvez isso só ocorra, ainda, em cidades pequenas como a nossa Santiago.

em Porto Alegre, no mês passado, ao passear pelo calçadão em busca de uma livraria, eu não era ninguém. Não existia. Poderiam passar por cima de meu corpo jogado, caído, que não estenderiam à mão.

Questão de um momento.

O velho senhor de pele morena, dentes brancos, cabelos grisalhos, conseguiu me fazer rir!

A dádiva de uma atenção, de um simples olhar, pode modificar a nossa concepção de mundo. Em segundos, o meu humor (mesmo que passageiro e superficial) passou a ser a maior felicidade que poderia existir na terra.

Questão de um momento.

Talvez nunca possamos vislumbrar e entender a verdadeira força de um sorriso. Eu não entendo. Falo pouco e dou poucas gargalhadas. Deve ser por isso que o tempo passa muito rápido na minha vida. Fico (e ficamos) atarefado, sobrevivendo numa realidade imaginária, dogmática, cheia de regras e compromissos. Hoje é segunda e amanhã será domingo...

Será que passaremos a semana inteira esquecendo do agora?

Acho que sim. Somos carrancudos, mal-humorados e problemáticos. A nossa dor é sempre pior que a dos outros. Economizamos sorrisos e esbanjamos palavrões. É a sina da modernidade humana: correr, lucrar, vender, ganhar e morrer.

“- Pára filho, não posso brincar... Tenho muito que fazer!”

Entretanto, ainda é tempo de mudar. Na verdade, é questão de um momento. Este é o momento!

Naquela calçada perto do Colégio Medianeira, ontem à noite, alcancei os meus objetivos momentâneos. Quais seriam eles?

Num reflexo rápido aprendi a ser um homem do passado, da década de cinqüenta. Abri um sorriso, o maior de todo este mês de outubro, cumprimentei o ancião e fui “feliz da vida” para a sala de aula!

Como eu disse, questão de um momento...

12 comentários:

  1. Maravilha o seu cantinho.
    Na intenção de divulgar o meu trabalho, cheguei até você.
    Gostei muito do seu espaço. Eu não estou podendo ler tudo de uma vez porque a tela do computador atrapalha um pouco a minha visão, mas certamente voltarei mais vezes. O meu oftamologista pediu que desse um tempo da telinha... e eu sou fraca ?
    O meu território já está demarcado.
    Convido a dar uma espiada em "FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER.." ( o seu cantinho de leitura), em:
    http://www.silnunesprof.blogspot.com
    Terei sempre uma história para contar.
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  2. De fato, naum consigo vivver o agora, pra mim eh mto dificil.
    Sou de poucos sorrisos e tbm mto fechado.
    Parabens pelo blog, estou te seguindo.
    Forte abraco.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o artigo!
    De onde é o jornal?>

    ResponderExcluir
  4. ...grato pela sua visita ao meu lobices-2 e pelas amáveis palavras
    ...acontece que antes do lobices-2 houve o lobices-1 e, como diz no 2, existe o lobices-3
    ...tenho ainda a súmula de todos eles no
    http://quimnogueira.wordpress.com/
    ...porém, o que está funcional agora é o
    http://lobices-fotografia.blogspot.com/
    ...um abraço

    ResponderExcluir
  5. Obrigado muito pela honrosa visita e pelas atenciosas palavras. Tenho grande respeito pelo trabalho de educador. Sei quão árduo é seu ofício. Lecionei disciplinas técnicas no antigo segundo grau, por muitos anos. Que Deus bendiga você e sua família. Força e luz.
    Z.A. Feitosa (www.feitosa.net)

    ResponderExcluir
  6. Giovani...

    Obrigado por sua visita lá no Escrevendo com Arte.....convido-o a dar uma espiada no meu blog de poesias...http://academiada poesia.blogspot.com . Não sei gostas de poemas, mas fica o convite também.
    Tenho uma Rede Social de literatura que está crescendo muito, se quiser fazer parte para divulgação dos seus trabalhos, fique à vontade.....www.casadapoesia.ning.com ... é só se cadastrar e aguardar que libero a aprovação...Seus textos são muito interessantes e gosto do seu estilo.
    Será uma honra recebê-lo por lá.

    Abraços

    Renato Baptista

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito deste texto... sãs as coisas mais pequeninas que têm muitas vezes maior importância - é fundamental não nos esquecermos delas!
    Sou seguidora!
    Abraço de uma portuguesa na Holanda!...

    ResponderExcluir
  8. Excelente blog... Com bom conteúdo... se quiser fazer uma visita ao meu... seja bem vindo!
    http://pensamentosbruxo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. obrigada pelas palavras simpaticas deixadas no xanax

    gostei de teu blog

    gostei deste momento


    jocas maradas de sorrisos:)

    ResponderExcluir
  10. Oi, Giovani Pasini,
    É um prazer receber seu comentário, gostei muito do seu trabalho e estarei acompanhando-o fielmente.
    Um abraço, Ana Paz do Blog A aprendizagem é infinita.

    ResponderExcluir
  11. Muito Bom o Texto , o importante talvez seja entender que esses intantes podem ser todos e que um sorriso nem semppre está na cara do outro e sim naquela poça de água da chuva, que teremos que pular, é só olhar bem nela e ver o nosso rosto espelhado..parabens!!!tentarei te seguuir!!

    ResponderExcluir
  12. Obrigado por visitar o blog Mundo do M@. Fique à vontade para comentar. Seja bem-vindo! E também não poderia deixar de visitar o seu, que por sinal é bem estiloso e cultural. Você escreve muito bem. Adorei!!

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...