quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Sobre Religiões...

Um complemento ao pensamento postado por Márcio Brasil...
===
As religiões foram criadas pela fé e para a fé.
As suas bases, quais sejam, são fundamentadas em dogmas, ou seja, algumas regras básicas a serem seguidas, que não podem ser questionadas.
Este é um ponto: a liberdade inteligível não aceita não poder questionar. Por qual motivo não posso discordar ou perguntar?
Um ponto que gera conflitos e decepções.
===
Também concordo com o Márcio de que algumas religiões criam empreendimentos financeiros em nome de Jesus - quero dizer - o importante não é a fé em Deus e sim se a "igreja" está com bastante fiéis, se o templo já foi construído, ou se as contribuições foram muitas...
===
Relembro, agora, um conto de Rubem Alves, que ele fez para apaziguar casais e que um dia foi comparado (por uma leitora) a Deus... Vou resumir:
Uma garota gostava de ouvir um passarinho cantar, todo dia, na janela de seu quarto. A menina, egoísta, pediu para o seu pai montar uma arapuca, para pegar o passarinho. Tanto insistiu que o pai cedeu.
Após o passarinho preso, dentro de uma gaiola, ele nunca mais cantou e morreu...
===
A moral da história de Rubem Alves é que ele compara as religiões a gaiola e, nós homens, somos a menina egoísta. Queremos engaiolar a Deus, prendê-lo sob o manto de "nossa" melhor religião.
Lembre-se das seguintes palavras, que você já ouviu: "A nossa religião é melhor que a deles. Eles são pecadores, estão com o inimigo!"
Bobagem competitiva, que com certeza não reflete Deus.
===
Deus não é de Israel. Lamento em dizer isso. Um Deus que só escolhe o povo de Israel, não seria um Deus, talvez um Rei, apenas um humano.
Deus é amor.
Sendo amor, ele não distingue um ser humano do outro, somente por causa de suas crenças.
Ele perdoa o filho pródigo, abraça-o no retorno.
Deus é a felicidade.
É o sorriso do filho, nas brincadeiras com o pai.
Deus é carinho.
Nunca seria a aversão, a exclusão e o abandono.
===
Esse é um pouco do meu Deus...
===
E aí? O que você acha?

Um comentário:

  1. Interessantíssimo este debate!
    Estou repensando os meus conceitos.
    Nunca pensei sobre religião, apenas as aceitava.
    Parabéns Giovane e Márcio

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar o seu comentário neste blog.
Agradeço o tempo investido nesta comunicação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...